Páginas




 


12/07/2022

LONDRINA - Médico foi acusado de assédio contra paciente durante consulta

  Em Londrina, uma mulher acusou um médico de praticar assédio sexual, durante consulta na UPA - Unidade de Pronto Atendimento do Jardim do Sol, neste dia 12 de julho de 2022. Segundo o Portal Tarobá News; paciente alega que o médico pediu para ela tirar a calcinha durante a consulta após a queixa de dor de garganta. O suposto procedimento seria para aplicar uma injeção nas nádegas da paciente. Os dois foram encaminhados para Polícia Civil e ouviu pelo delegado Roberto Fernandes. O médico foi autuado por "violência psicológica contra mulher" e não por assédio sexual. A vítima veio do Mato Grosso para Londrina para fazer um tratamento de saúde e também foi vítima de assédio dentro de um ônibus durante a viagem, quando um homem passou as mãos nela enquanto a vítima dormia. O suspeito pediu para o motorista parar o ônibus e fugiu. Em nota, a Prefeitura de Londrina afirmou que repudia esse tipo de atitude ou comportamento por parte de médicos e servidores. “Em relação ao suposto caso de assédio na UPA do Jardim do Sol, a Secretaria Municipal de Saúde esclarece que repudia veemente qualquer atitude ou comportamento deste tipo e que no que nos compete estará à disposição das autoridades policiais para esclarecer o caso”, declarou em nota por meio do Núcleo de Comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...