Páginas


28/11/2022

HOMENAGEM - Cardeal Dom João Braz de Aviz é Cidadão Honorário de Borrazópolis

Após presidir uma Missa, em Borrazópolis, no domingo, dia 27 de novembro de 2022, o Cardeal, Dom João Braz de Aviz, que é, atualmente, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, no Vaticano, recebeu o título de cidadão horário do município, honraria concedida pela Câmara Municipal de Vereadores, após indicação do vereador Eder Fabricio Pereira, o "Edinho", do partido Republicanos, projeto de lei que foi aprovado por unanimidade por todos os demais legisladores do município: Valdinei Del Grande (Di); Otair Aparecido (Dominado); Rosimar Cerqueira (Rosi); Leandro Cividini; Fernando Augusto Nunes (Fernandinho); Vera Lúcia (Tuca); José Carlos de Oliveira (Zé Carteiro) e Antônio Pires (Toninho da Pires). O Cardeal esteve também em Apucarana, na Catedral Nossa Senhora de Lourdes, para celebrar os seus 50 anos de ordenação sacerdotal. A missa de jubileu de ouro de vida religiosa, contou com a presença de autoridades e católicos de toda região. Em Borrazópolis, a Missa começou às 19 horas, de 27 de novembro, e, logo após o seu encerramento, o altar foi preparado para que os vereadores pudessem realizar a Sessão Solene e fazer a entrega do título. Natural de Mafra (SC), Dom João morou durante toda sua infância  e adolescência, em Borrazópolis, sendo ele, filho de açougueiros, e  ordenado padre, por Dom Romeu Alberti, em 26 de novembro de 1972, na Catedral Nossa Senhora de Lourdes (Apucarana), quando iniciou sua trajetória eclesiástica até chegar ao Vaticano, e atua como assessor direto do papa Francisco. Inclusive, na eleição do último Papa, ele também poderia ser votado, o que encheu de orgulho o Vale do Ivaí, na região norte do Paraná. Na mesma data, 1972, José Amauri de Aviz, irmão de Dom João, que já é falecido, também foi ordenado padre. O vereador "Edinho", durante a Sessão, fez a leitura da biografia do homenageado, o parabenizando pela linda história de vida. O vice-prefeito Marcelo Pires (Marcelão), falou em nome do prefeito Dalton Moreira, que por força maior, não pode estar presente. Marcelo lembrou que Dom João fez o casamento de seus pais e era uma honra, o ter como um novo filho deste município, já que assim sempre foi considerado. O presidente da Câmara, falou em nome dos demais vereadores, sobre a importância do reconhecimento ao religioso. O pároco, Padre Paulo Cesar, também demonstrou que toda a Igreja estava feliz e em festa com a homenagem, ressaltando que precisamos incentivar as
 vocações, assim como aconteceu com Dom João. Ao final, o próprio cardeal fez o uso da palavra. Ele deixou uma mensagem de amor e carinho para com toda a comunidade. "Este quadro do título de cidadão honorário, vou levar comigo. Ele vai ficar dentro do meu quarto e todos os dias vou rezar por vocês. Eu já me sentia filho de Borrazópolis, cidade onde recebi os primeiros sinais para ser Padre, mas agora esse sentimento é ainda mais forte. Tenham certeza que, sempre quando eu vir ao Brasil, estarei aqui com vocês", disse Dom João, agradecendo o vereador "Edinho" e as demais autoridades. A cerimônia contou com familiares de Dom João, de Borrazópolis, Faxinal e outros municípios, e também com pessoas da comunidade. Para assistir a live completa da Missa e da Sessão Solene, transmitida pelo Facebook e YouTube da Paróquia, clique aqui.  Mas fotos do evento, no link abaixo.  















































Biografia da Eminência Reverendíssima Cardeal Dom João Braz de Aviz 
O Cardeal João Braz de Aviz, Prefeito da congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as sociedades de vida Apostólica, nasceu em Mafra, na diocese de Joinville, no Sul do Brasil, em 24 de abril de 1947. A espiritualidade da Unidade do movimento dos Focolare, do qual é membro e que tornou para ele uma “nova família”, lhe fascinou desde a adolescência, tanto que a partir daí amadureceu a decisão de tornar-se sacerdote. Em 1958 entrou no Seminário Menor São Pio X do PIME (Pontifício Instituto das Missões Exteriores) em Assis-SP, onde permaneceu até o ano de 1964. Depois ingressou no Seminário Maior Rainha dos Apóstolos de Curitiba-PR, onde realizou os estudos de filosofia. Três anos mais tarde, foi enviado a Roma para completar os estudos teológicos junto a Universidade Gregoriana onde obteve o Mestrado em Teologia Dogmática em 1972. E retornou em 1989 até obter o doutorado em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Lateranense no ano de 1992. Dia 26 de novembro de 1972 foi ordenado sacerdote pelo bispo de Apucarana –PR, Dom Romeu Alberti e incardinando nesta diocese desenvolveu seu serviço pastoral em várias paróquias. Nomeado reitor dos Seminários Maiores de Apucarana e Londrina, ensinou Teologia Dogmática no Instituto Teológico Paulo VI de Londrina-PR. Em Apucarana foi membro do Conselho Presbiteral e do Colégio dos Consultores além de Coordenador da Pastoral Diocesana. O Papa João Paulo II em 6 de abril de 1994 o nomeou bispo auxiliar de Vitória-ES, dando-lhe a sede titular de Flenucleta. Recebeu a Ordenação Episcopal pelas mãos do bispo de Apucarana, Dom Domingos Gabriel Wisnienwski em 31 de maio do mesmo ano. Em 12 de agosto de 1988 foi transferido para a Diocese de Ponta Grossa-PR. Recebeu em 17 de julho de 2002 a nomeação para a Arquidiocese de Maringá-PR, onde permaneceu pouco mais de um ano até ser nomeado Arcebispo de Brasília, capital do Brasil. Em particular, o seu governo pastoral em Brasília foi marcado pelo empenho junto com as pessoas. A atitude de escuta e de atenção é testemunhado, entre outros, pelas numerosas visitas realizadas ás paróquias, da participação ativa nas reuniões de vicariatos e das iniciativas promovidas, sobretudo em relação aos jovens. Em maio de 210 organizou o XVI Congresso Eucarístico Nacional, coincidindo com o cinquentésimo aniversário da Arquidiocese e da cidade de Brasília. No dia 04 de janeiro de 2011 foi nomeado pelo papa Bento XVI Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e sociedade de vida Apostólica. O amor a igreja e principalmente ao Santo Padre tem contribuído muito para a vida da Congregação. Foi criado e Publicado Cardeal no Consistório de 18 de fevereiro de 2012, sendo Cardeal Diácono da Basílica de Santa Helena fora da Porta Prenestina em Roma. Também é Membro da Congregação para o Clero e para a Educação Católica e da Pontifícia Comissão para os Congressos Eucarísticos Internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...