31/08/2010

EDUCAÇÃO - Governador anuncia contratação de funcionários para as escolas estaduais -

http://www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/26644/DSC_0106.JPG

Os avanços concedidos pelo governo do Paraná à carreira de professores e funcionários da Secretaria da Educação foram tema da reunião entre o governador Orlando Pessuti e a direção da APP- Sindicato. Nesta segunda-feira (30), data considerada um marco da luta pela categoria, o governador Orlando Pessuti determinou o planejamento da contratação de todos os profissionais aprovados em concurso até o fim de dezembro. “Estamos pagando a dobra desde julho, vamos contratar os agentes de apoio e pagar as promoções e progressões a partir de outubro”, anunciou. “O governo está atualizando todas as pendências e reivindicações que vêm sendo tratadas com professores e funcionários da Educação. Vamos deixar tudo em dia”, disse a secretária da Administração, Maria Marta Lunardon. Ela anunciou o pagamento de R$ 17 milhões referentes às promoções e progressões na carreira dos servidores da educação. São 3.662 professores do quadro próprio e 13.461 agentes educacionais. Segundo a secretária, o valor será pago em folha suplementar em três parcelas. A folha inclui o pagamento de mais 600 professores que concluíram o Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE), além de prever o pagamento retroativo a cerca de 5 mil professores que já haviam concluído o curso. “Além disso, os professores que fizeram a opção pela dobra – dedicação integral ao magistério estadual – têm sua situação assegurada”, destacou. A secretária da Administração explicou que cerca de 4.000 professores estão na fase final da homologação dos exames médicos, quando estarão prontos para a proposta de nomeação. E também foi determinada a ampliação para 5.000 do número de vagas do concurso de agente educacional. “O governador determinou que sejam feitos todos os esforços para que todos sejam nomeados até o final do ano”, informou.
EQUIPARAÇÃO – O governador Orlando Pessuti determinou ainda que seja estruturada uma proposta de equiparação do salário inicial dos servidores da educação com os demais servidores do Executivo. Um grupo integrado por representantes do sindicato, da Secretaria da Educação, Planejamento e Administração fará uma primeira reunião sobre o tema nesta terça-feira (31). “A tendência é que seja proposta uma alternativa para aproximar os salários de forma programada, gradativa e sistemática.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA