terça-feira, 30 de julho de 2013

Habitação - APUCARANA

Programa beneficia agricultores de Apucarana com habitação
Quatorze famílias de produtores rurais de Apucarana assinaram nesta segunda-feira (29/07), no gabinete municipal, contrato de adesão ao Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). Criado no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), a iniciativa visa garantir a permanência do homem ao campo e é desenvolvida em parceria pelo Governo Federal, Governo Estadual, através da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Apucarana. “È com muita alegria que celebramos, juntamente com as famílias, este aceite da Caixa Econômica. Este é um programa especial, que valoriza muito o homem do campo”, destacou o prefeito Beto Preto (PT), que no ato anunciou articulação para viabilizar pelo menos mais 200 moradias rurais para Apucarana. “Trabalhamos para atingirmos o maior número possível. Ao lado da habitação, temos um amplo programa de governo para a zona rural, que vai visa atender com readequação as estradas rurais, fomentar os produtores com capacitação e assistência técnica visando a diversificação da produção e geração de renda através da ampliação de programas como o compra direta, que leva produtos rurais para o cardápio das escolas da rede estadual e municipal, e entidades sociais”, afirmou Beto. 
A agricultora Maria do Carmo, com propriedade no Distrito de São Domingos, foi uma das contempladas. “Como todos os demais beneficiados, estou muito feliz. Esta residência vai ser muito importante e vai nos auxiliar muito na batalha do dia a dia”, disse. O ato contou ainda com a presença do chefe do escritório Regional de Apucarana da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Sérgio Bolonheze. “É um momento histórico, um verdadeiro presente de Deus, feito a muitas mãos, para dar mais dignidade ao homem do campo, para que ele possa se instalar com mais conforto”, destacou Bolonheze. De acordo com ele, as famílias são beneficiadas com R$28,5 mil para contratação de mão-de-obra e aquisição de material de construção, contudo, vão pagar apenas R$1.140 pela moradia. “São quatro parcelas anuais, ao longo de quatro anos, de apenas R$285”, revelou. Ele também fez um balanço regional dos trabalhos do escritório. “Estamos na nossa área de abrangência com 298 unidades em fase de acabamento e outras 513 estão na esteira, aguardando autorização do agente financeiro”, informou.   A parceria com os governos estadual e municipal foram frisados pelo superintendente da Regional Londrina da Caixa Econômica Federal (CEF), Élcio José Coelho de Lara. “É sempre uma satisfação realizar sonhos das famílias e para isto temos grandes parcerias. Neste convênio, em especial, beneficiamos o meio rural, fazendo com que as famílias tenham prazer em permanecer no campo e continuem fortalecendo esta atividade que é tão importante par ao país”, concluiu ÉlCio, revelando dados de crescimento da concessão de recursos para o financiamento habitacional em Apucarana. “Em 2012 a Caixa disponibilizou R$58 milhões para a habitação e, em junho deste ano, fechamos um balanço perto de R$90 milhões, confirmando uma projeção de crescimento onde esperamos encerrar 2013 na ordem dos R$140 milhões”, disse.   Habitação rural – Segundo explica o secretário Municipal da Agricultura, João Carmo da Fonseca, o programa financia a construção de casas com áreas que variam de 52 a 55 metros quadrados e também para reforma de imóveis. As unidades habitacionais terão dois quartos, banheiro, cozinha e sala, atendendo aos requisitos de acessibilidade. “Podem aderir ao programa, os proprietários rurais devem ser aqueles cuja renda familiar bruta anual não ultrapasse a R$ 15 mil e a propriedade não pode ter mais do que 23 alqueires”, informa.  Os recursos são liberados de acordo com o andamento da obra, cabendo à Prefeitura de Apucarana fazer o acompanhamento da execução, medições, trabalho social, bem como procedimentos judiciais e administrativos.   Presenças – Além das famílias beneficiadas, secretários municipais, também prestigiaram a solenidade o vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior (Júnior da Femac), o presidente da Câmara de Vereadores, José Airton Araújo (Deco), o vereador Luiz Magalhães, o gerente Regional da Caixa Econômica Federal, Olides Millezi Júnior, o gerente da agência local da Caixa Econômica Federal, Paulo Vançan, e o secretário Municipal da Agricultura, João Carmo da Fonseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA