sábado, 6 de outubro de 2018

MANOEL RIBAS - CRIME AMBIENTAL

Polícia Militar ambiental apreendeu treze aves silvestres em Manoel Ribas. Uma mulher foi encaminhada acusada de caçar espécies da fauna  
                Neste sábado, 06 de outubro, sábado, foi dia de muito trabalho para o dedicado Pelotão da Polícia Militar Ambiental, de Apucarana. Os soldados rodaram cerca de 200 quilômetros da base, para fazer um flagrante de uma mulher, em Manoel Ribas, equipe formada pelo sargento Arruda e soldado Lamarca. "Em atendimento a denúncia anônima, esta equipe deslocou ao endereço informado. Chegando ao local, já foi possível avistar várias gaiolas com pássaros silvestres na parte externa da residência. Em contato com a proprietária e responsável, que nos franqueou a entrada, foram identificadas 13 aves silvestres. Indagada sobre a devida autorização ambiental e legal, informou não possuir. Diante dos fatos, os pássaros foram apreendidos e a responsável encaminhada para confecção do Termo Circunstanciado em seu desfavor", informou o boletim. Entre os pássaros apreendidos estão: cinco Pássaro Preto; três Papagaios Verdadeiro; dois Trinca Ferro; dois Sabiá Preto e uma Maitaca, além de dez gaiolas e dois alçapões.