terça-feira, 12 de março de 2019

APUCARANA - Polícia Civil mira o tráfico de drogas em dois bairros

No Morado do Sol, homem que guardava droga na geladeira, foi detido. Já na Vila Operária, mulher é suspeita de manter "Boca de Fumo", enquanto o amásio estava preso  
            A Polícia Civil, de Apucarana, no comando do novo delegado chefe, o Dr. Gustavo Dante, registrou duas ocorrências de suspeita de tráfico de drogas, no dia 12 de março, de 2019. A primeira foi no Bairro Jardim Morada do Sol, onde foi detido um homem de nome João Victor.  Uma denúncia de que ele traficava droga e guardava o produto ilícito na geladeira, levou os agentes da civil: investigadores Rômulo Samuel e Erenice Borsato até o endereço, onde a entrada foi franquiada por uma mulher, residente no local. João negou que seja traficante, mas foram encontrados 270 reais, na casa,  e dentro da referida geladeira, uma pochete com dois tabletes e porções de maconha, uma delas já fracionada para venda. João Victor assumiu que a droga, dinheiro e um celular apreendido, eram seus, mas continuou negando ligação com o tráfico. Ele foi levado para a Delegacia. OUTRO TRÁFICO - O Segundo caso, foi na Vila Operária, de onde chegaram informações que após a prisão de Jonny Henrique, conhecido no local e no meio policial, sua companheira, a Rebeca Marinho, havia assumido a responsabilidade de manter uma suposta "Boca de Fumo" em funcionamento. Com a chegada dos Policiais Civis, a mulher negou veementemente o crime, mas ficou nervosa. Ao fazer uma buscas domiciliar, foi encontrada, em cima da cama, uma trouxa aparentando ser de maconha, que ainda seria fracionada para venda. Segundo a PC, a detida confirmou que a droga pertencia a ela e disse que, no momento, está desempregada. Também tentou jogar um celular pela janela, mas foi contida e afirmou que o aparelho pertencia a sua sogra e que não queria que a investigação tivesse acesso ao conteúdo que nele existia. O caso foi conduzido até a delegacia e as investigações continuam em busca de mais materialidade dos crimes que, ora, eram cometidos.  (Nas fotos, imagens das duas situações) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA