terça-feira, 12 de março de 2019

IVAIPORÃ - Prefeitura, Conseg e lideranças debatem sistema carcerário

A Prefeitura de Ivaiporã e o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) se reuniram com os Poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público, Vara do Trabalho de Ivaiporã, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho da Comunidade da Comarca, Pastoral Carcerária, Rotary Club, Acisi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã), Loja Maçônica Amor e Liberdade e com o chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana com o objetivo de debater a construção de um mini presídio em Ivaiporã.  O prefeito Miguel Amaral reconheceu a superlotação na carceragem da 54ª Delegacia de Polícia Civil é um problema grave. Por isso, a Prefeitura investiu na recuperação dos presos construindo a Apac (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), que será inaugurada. “A segurança pública é dever do Estado. Mas a sociedade civil organizada do município precisa se envolver e colaborar”, defendeu Miguel Amaral.  A carceragem da 54ª Delegacia de Polícia Civil de Ivaiporã, que tem capacidade para 40 detentos, normalmente mantém entre 150 e 180 presos num espaço que não oferece segurança nem condições humanas. Além disso, mensalmente a conta de água que chega a 54ª Delegacia de Polícia Civil gira entre R$35 e R$40 mil, cuja despesa é arcada pelo Estado.  Segundo os representantes das forças de segurança os valores gastos com conta de água e reformas após fugas poderiam ser investidos na construção de um mini presídio com capacidade para 500 detentos. O presidente do Conseg, Celso Gomes, alertou que é preciso tomar uma medida urgente devido ao estado de deterioração e perigo que representa para os presos, policiais civis, funcionários e população que reside nas proximidades.  Veja mais fotos e a matéria completa, de Lucia Lima, no portal da prefeitura clique aqui 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA