terça-feira, 28 de janeiro de 2020

IVAIPORÃ - Ladrões de gado voltam a aterrorizar o Bairro Sabugueiro

No dia 29 de dezembro, conseguiram furtar gado e, no dia 27 de janeiro,  voltaram ao local, mas foi surpreendidos um dos produtores rurais 
          Na zona rural de Ivaiporã, ladrões de gado voltaram a aterrorizar a região do Bairro Sabugueiro. Segundo informações, no dia 29 de dezembro, de 2019, os meliantes foram ao local e conseguiram furtar duas cabeças de gado, sendo que, no dia 27 de janeiro, de 2020, voltaram ao endereço, mas foram surpreendidos por uma das vítima, o agricultor Tarcísio Boing, que evitou o delito e acionou a Polícia Militar para prender os marginais, mas eles fugiram. "Eles estão agindo nesta região, mas desta vez eu os surpreendi, apesar que mesmo assim conseguiram fugir. Eu estou atento e na próxima tenho certeza que vou pego-los", disse o produtor revoltado com a ousadia dos marginais. Para a Polícia, Tarcísio disse que estava em sua residência, quando indivíduos estavam tentando furtar o gado, momento que  foi verificar com seu veículo e, ao gritar, os suspeitos correram para os fundos da propriedade, que contem uma plantação de soja e uma mata densa. Não obstante, acionou a Polícia Militar, que foi ao local. Com apoio das viaturas do serviço reservado e equipe de Ariranha do Ivaí, foram realizados os procedimentos cabíveis e possíveis, principalmente o patrulhamento nas estradas próximas, averiguação do local de possível acesso dos ladrões, mas nada foi encontrado. Por fim, foi confeccionado o boletim e o caso é investigado. Os agricultores estão solicitando o patrulhamento policial de rotina no local, para evitar outros furtos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA