sábado, 1 de fevereiro de 2020

TRÁGICO - Criança de Marilândia morre de acidente e Apucarana

A menina de nove anos entrou em óbito após a Honda Biz, que ocupava, ser atingida por um Honda Civic. O motorista fugiu    
        Em Marilândia do Sul a cidade ficou enlutada com a morte de uma criança de nove anos, que morreu vítima de acidente em Apucarana. Segundo o repórter Ednaldo Henrique, da Rádio Nova Am, o fato aconteceu na Rua Estados Unidos, no Recanto Mundo Novo, por volta das 19 horas, de 31 de janeiro, de 2020. Houve uma batida entre um Honda Civic e uma Motocicleta Honda Biz, que era ocupada pela mãe da criança, de nome Ariane Costa Ferreira, e um irmãozinho da criança, de um ano e oito meses. A vítima fatal é Gabriele Geovana Ferreira de Souza. As informações são de que o pai da menina mora em Marilândia, dono da Padaria Isabella, mas é separado da esposa, que reside em Apucarana, por isso, a garotinha estava naquela cidade na companhia da mãe. No momento do acidente, a mulher estava na motocicleta, mas parada em uma travessa, com Gabriele na garupa, a qual segurava o irmão no colo, quando de repente surgiu o carro, em alta velocidade, e bateu contra as vítimas. O automóvel ainda atingiu o muro de uma casa, mas o condutor conseguiu engrenar  a marcha ré e depois fugir. Ele já foi identificado, com apoio de testemunhas e agora é procurado. Ariane sofreu fratura exposta na perna e no braço; o Artur ferimentos leves e a menina, ferimentos graves na cabeça. Ela ainda foi socorrida com vida em um carro particular, depois foi transferida para uma ambulância dos Bombeiros, mas no Hospital não resistiu e entrou em óbito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA