07/08/2020

APUCARANA - Dois casos de crimes ambientais na área rural

A segunda ocorrência registrada, foi considerado crime ambiental o fato de trilheiros terem feito uma trilha em meio a uma mata 


        Dois casos de crimes ambientais foram registrados em Apucarana, no dia 07 de agosto, de 2020. O primeiro foi uma acusação de danos em área de preservação permanente e destruição em vegetação nativa secundária, em estágio de médio bioma da Mata Atlântica. Soldado Murilo e cabo Cunha foram para o local e fizeram dois autos de infração de R$ 5.000,00 e R$ 42.000,00. A denúncia informou sobre desmate numa propriedade rural, o que ficou constatado, quando a equipe chegou ao local.  O fato ocorreu em uma área de 5,39 hectares. O outro desmate foi numa área de preservação permanente, de 0,5 hectares. Não foi apresentada autorização ambiental para tal atividade. No momento da fiscalização, já não havia mais ninguém trabalhando no local. A princípio o fato ocorreu em data anterior, porem somente agora em agosto pode ser identificado os responsáveis pela área e pelo dano ambiental. OUTRO CASO - O sargento Arruda e soldados Murilo e Brito, confeccionaram um auto de infração de R$5.000,00, em uma propriedade, onde foram constatados o corte de árvores e movimentação de solo em área de preservação permanente. Havia árvores de diversas espécies cortadas com motosserra e amontoadas. Também havia uma trilha com vestígios de tráfego de motocicletas na mata ciliar. Foi iniciada uma vistoria técnica operacional e confrontando com as imagens de satélites, verificando que a área afetada é de 0,15 hectare. Com apoio do proprietário, foi possível identificar um dos autores, o qual foi autuado, administrativamente, com multa no valor de R$5.000,00. Ele confirmou que teria acessado a propriedade de terceiros, sem autorização, para realizar a limpeza da área com intuito promover a prática de trilha com motocicletas, mas negou que tenha cometido qualquer crime ambiental. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA