11/08/2020

APUCARANA - Prefeitura recebe notificação de uma nova dívida do FGTS

         O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, foi surpreendido ontem com o recebimento de uma intimação para pagamento imediato de mais uma dívida do Município. Com o valor de R$ 314 mil, a pendência é referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de servidores da saúde pública de Apucarana, que deveria ter sido recolhido no ano de 2011, no mandato anterior ao do ex-prefeito Beto Preto. Conforme relata o prefeito Junior da Femac, a gestão Beto Preto já pagou cerca de R$ 120 milhões de dívidas – principalmente precatórios - que foram herdadas dos mandatos anteriores a 2013. “E, além de arcar essas dívidas, em sete anos e meio dessa gestão todos os encargos trabalhistas dos servidores passaram a ser recolhidos rigorosamente em dia. Importante lembrar que, ao mesmo tempo, os salários do funcionalismo também foram pago em dia”, comenta o prefeito. Segundo ele, em meio à pandemia, o município precisa se desdobrar para pagar mais essa dívida. “Ficamos indignados com essa situação, porque, obviamente, era obrigação do gestor da época pagar esse valor referente ao FGTS”, crítica Junior. Infelizmente – argumenta o prefeito -, houve um tempo na Prefeitura de Apucarana em que não se recolhia o que é de direito dos servidores públicos. “Até para receber licença prêmio, o servidor se via obrigado a ingressar na justiça para receber. A partir de 2013, isso tudo ficou para trás”, assinala Junior da Femac, reiterando que, anteriormente, havia um descontrole total na máquina pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA