sábado, 1 de agosto de 2020

IVAIPORÃ - Em três horas ROTAM registra três flagrantes de tráfico

Dois foram presos tentando jogar droga para detentos da cadeia pública de Ivaiporã. Também houve tráfico na Avenida Souza Naves 
         No dia 31 de julho, às 19h45, na  Praça Emílio de Menezes, a equipe ROTAM, em patrulhamento, pelo endereço, visualizou quando um indivíduo acessou o pátio externo da Delegacia e arremessou uma saco plástico, fugindo a pé. Policiais iniciaram o acompanhamento e abordaram o suspeito a cerca de 200 metros do local. Questionado, disse que arremessou maconha. Com apoio do DEPEN - Departamento Penitenciário, a sacola foi localizada no solário da delegacia, com 80 invólucros de maconha, que pesaram 224 gramas, juntamente com uma porção de arroz cru, que é usada para fazer peso e auxiliar no arremesso. Foi dada voz de prisão ao abordado que, inclusive, faz uso de tornozeleira eletrônica e já foi preso, em 2016, por tráfico de entorpecentes. Ele foi identificado por Dener Wesley, mas para a imprensa, negou que seja traficante. O detalhe que chamou atenção, é que a ROTAM estava na Delegacia, ainda no flagrante do primeiro detido, momento em que os policiais visualizaram, pelas câmeras de segurança, às 20:47 horas, quando outro meliante aproximou-se do pátio externo, olhando apreensivo para os lados e lançou um objeto, com o intuito de acessar o solário, porém, atingiu a parede externa e caiu no chão. Ele foi contido por dois policiais da ROTAM e identificado como sendo menor, de 17 anos. O jovem  havia arremessado uma sacola com 98 porções de maconha em  pacotes com diversas cores que pesaram 307 gramas. No pé de uma árvore, onde o rapaz estava escondido, ainda foi encontrada uma sacola branca e vermelha, com mais 46 porções, pesando 215 gramas. Toda droga somou 144 porções e 522 gramas. O detido também já havia sido apreendido pela prática de tráfico de drogas em 2020. OUTRO TRÁFICO - Na mesma data, em 31 de julho, às 22:59 horas, na Avenida Paraná, novamente a ROTAM, registrou tráfico. A ocorrência começou na Avenida Souza Naves, onde foi visualizou uma motocicleta, com dois indivíduos, saindo de uma residência, que há, aproximadamente, três meses, vem sendo denunciada por populares. Inclusive um usuário já havia confirmado que vinha comprando entorpecente naquele endereço. O condutor da motocicleta, Honda CG 125, vermelha, que transportava, na garupa, o dono da casa, que se chama  Bruno, empreendeu fuga em alta velocidade, colocando em risco a vida dele e de pessoas, mas ao ser alcançando, na Avenida Paraná, foi contido. O piloto disse que fugiu por não ter CNH. Foi encontrado no seu tênis, uma porção de maconha, embrulha em plástico transparente, que pesou três gramas. Já o passageiro é morador da residência e estava com apenas R$50,00. O rapaz negou que venda drogas e autorizou a ROTAM voltar em sua casa e verificar. Ao chegar ao endereço, dentro da residência, não havia nada, mas no quintal, em meio a uma plantação de bananeiras, estava enterrado, um saco zíper transparente, contendo uma balança de precisão e duas porções de maconha, que pesaram 63 gramas. Diante do flagrante, Bruno  foi acusado de tráfico e entregue na delegacia. Ele negou que tenha qualquer ligação com o tráfico.  (A foto principal é do flagrante na Delegacia e a foto, a direita, é da ocorrência da Avenida Souza Naves)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA