05/08/2020

KALORÉ - Mulher diz que foi furtada por supostos vendedores

A vítima alegou que dois rapazes, que seriam vendedores de colchões e aparelhos de aferir pressão, entraram em sua casa e furtaram dinheiro 
     A Polícia Militar, de Kaloré, registrou furto, na Avenida Vereador José Rodrigues da Silva, no dia 04 de agosto, de 2020. Uma senhora, de nome Maria, procurou o Destacamento para informar que, no dia 30 de julho, por volta das 15 horas, chegaram, em sua residência, dois indivíduos que se apresentaram como sendo vendedores de colchões e aparelho de aferir pressão. Eles a questionaram sobre a compra de um colchão realizado há uns 5 anos, momento em que ela aproveitou para reclamar do seu produto. O vendedor pediu para ver o colchão, dizendo que faria a troca. A mulher acompanhou os homens até o interior da residência, momento que um deles pediu os documentos e uma fita métrica para medir o colchão. O outro se ofereceu para aferir a pressão e a levou para outro cômodo, vindo a distraí-la. No final do atendimento, os dois rapazes fizeram uma nota de pedido de troca do colchão e saíram da residência. No dia primeiro de agosto, dois dias após a visita dos vendedores,  dona Maria notou a falta de certa quantia em dinheiro e uma folha de cheque preenchida, que estava em sua carteira, dentro do guarda-roupa. A mulher não possui dados dos supostos vendedores, nem da suposta empresa fabricante dos colchões. O caso é investigado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA