27/08/2020

Ratinho vai pedir cancelamento do reajuste das contas de água

  O Governo Ratinho Junior, divulgou nota que vai pedir ao Conselho de Acionistas da Sanepar que desautorize o reajuste na tarifas. Deputados são contra o aumento, neste período de pandemia, em que a renda das famílias estão prejudicadas. Conforme divulgamos, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) homologou nesta terça-feira (25 de agosto de 2020) reajuste anual de 9,62% nas tarifas da Sanepar, a partir de 31 de outubro, mas com pagamento em novembro. O último reajuste tarifário ocorreu há 18 meses, em abril de 2019. O reajuste repõe custos da Sanepar com energia elétrica, pessoal, produtos químicos nos tratamentos de água e de esgoto, manutenção e operação de redes, estações e equipamentos e faz frente aos investimentos da companhia. O último pedido de reajuste foi encaminhado à Agepar há seis meses, em fevereiro deste ano, e deveria ter sido homologado em abril com entrada em vigor a partir de maio. Porém, em abril, para ajudar a enfrentar as dificuldades econômicas causadas pela pandemia do Covid-19, os reajustes tarifários dos serviços regulados no Estado foram suspensos pela Agepar por 60 dias. Esta determinação foi prorrogada por mais 60 dias, encerrando em 17 de agosto de 2020. O novo índice será aplicado de forma proporcional durante o mês de novembro e só terá impacto integral a partir de dezembro. Com a decisão do governo de pedir o cancelamento do reajuste, uma nova nota deve ser publicada nos próximos dias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA