02/10/2020

JARDIM ALEGRE - Homem reagiu a prisão e foi baleado na perna

                        MAIS DETALHES                       
Polícia Militar divulga mais detalhes da ocorrência e  informou que o homem que reagiu e foi baleado, começou a confusão em Lunardelli, onde agrediu a ex-namorada com uma faca 
A Polícia Militar divulgou mais detalhes do fato ocorrido, em Jardim Alegre, na manhã, de quinta-feira, dia 01 de outubro, de 2020, na saída para Barra Preta. Informamos que um homem, conhecido como "Pita", que estava foragido da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados - APAC, de Ivaiporã, partiu para cima da Polícia Militar, durante uma abordagem. Em seu relatório, a PM disse que recebeu alguns denúncias informando que o suspeito estava próximo a algumas residências, sendo ele conhecido por várias atividades ilícitas como furtos, roubos, ameaças e lesões, também por ser, extremamente, agressivo. Quando a viatura chegou, foi visualizada pelo morador, que tentou evadir-se e se homiziar em meio a vegetação, ao lado da via. Ao receber voz de abordagem, investiu contra o policial com socos e chutes, e  tentou retirar a arma do coldre do policial militar, momento em que foi necessário a realização de disparo de arma de fogo, pelo outro soldado, vindo a cessar a injusta agressão. Após, de imediato, foi realizado contato com a 6ª Companhia, de Ivaiporã, para que fosse acionado socorro médico. Horas antes, o ferido atentou contra a vida de sua ex-convivente, utilizando uma faca, na vizinha cidade de Lunardelli. O Blog do Berimbau, também teve acesso a este boletim de violência doméstica, registrado, às 03h10min, na Rua João Morais dos Santos, na referida cidade de Lunardelli. Ao chegar ao local, um cidadão disse que a jovem agredida, estava em sua casa passando uns dias, sendo ela usuária de entorpecentes, mas de madrugada, estava ele, a moça, e mais dois masculinos, conversando, quando apareceu o ex-namorado dela, que é o conhecido "Pita". Ele estava furioso e puxou a vítima pelo cabelo, levando-a para rua. Também pegou uma faca da casa e passou a fazer ameaças, a ponto de provocar ferimento na região esquerda da cabeça da feminina. Em seguida, fugiu. Com a chegada da PM, a jovem foi levada para o Hospital, com ferimentos leves e buscas foram feitas, mas o agressor desapareceu, sendo encontrado apenas, quando o dia amanheceu, em Jardim Alegre, momento em que houve o incidente e ele foi ferido a bala.  Todas as informações acima, constam em dois boletins da Polícia Militar.  "Pita", negou todas as acusações. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA