17/10/2020

LIDIANÓPOLIS - ROTAM prende cinco acusados de tráfico de droga

Segundo a denúncia, numa residência localizada na Rua Presidente Vargas, a venda de cocaína era constante praticada pelo morador, que já tem passagens pelo mesmo crime 
      Em Lidianópolis, pelo menos cinco pessoas foram conduzidas até a delegacia de Ivaiporã, após ocorrência de tráfico de drogas. Mais uma vez, num bom trabalho da equipe ROTAM de Ivaiporã, pessoas foram flagradas dentro e próximo a uma residência, que já era alvo de várias denúncias, cujo morador, de nome Rodrigo Divino, de 26 anos, já havia sido detido duas vezes, no passado, uma delas, numa operação que visava o combate ao crime de tráfico. Recebemos informações que, era madrugada de sábado, dia 17 de outubro, quando os soldados intensificavam patrulhamento na Rua Presidente Vargas, com intuito de coibir o crime de venda de entorpecente. Logo foram abordadas dois masculinos: S. F., 33 anos, e R. F. C., de 27 anos, que estavam parados, próximo a residência. Ao serem indagados, disseram que esperavam um amigo, que havia ido a casa de Rodrigo. Quando este amigo saiu, e percebeu a viatura, antes da abordagem, dispensou quatro porões de cocaína. Ele também tinha contas de água e luz (quatro), da casa onde saiu, em sua posse. Afirmou que iria levar para o seu patrão, para que ele pagasse. Diante da fundada suspeita, os policiais avançaram para o quintal da residência. Primeiro foram recebidos pela esposa do morador e um jovem, de nome Willian, de 21 anos, sendo o rapaz também com passagem por tráfico, inclusive, havia deixado a cadeia no dia anterior. Indagada sobre Rodrigo, a mulher disse que ele estava trabalhando em um sítio. Então foi perguntado, porque um suspeito havia deixado a residência, naquele horário impróprio. Ela então afirmou que o rapaz foi apenas buscar as contas de água e luz para pagar. Ao procurar, foi possível localizar uma porção de cocaína no quarto do casal. Ao verificar, em um banheiro que fica na área externa, a ROTAM localizou Rodrigo, que estava, segundo os Policiais, escondido e jogando cocaína no vaso sanitário, uma prática comum de traficantes, para eliminar provas. Ao retirar a tampa do referido vaso, foram encontros restos do entorpecente. Dentro do imóvel, foi feita a apreensão de um celular, valores e também pedaços de sacola vermelha, já cortados, idênticos a embalagem que envolvia a droga apreendida com o jovem que deixava a residência e foi abordado no início da ocorrência. Ficou apurado que, dos dois primeiros detidos, S. F., de 33 anos, havia entregado 100 reais para que a pessoa que entrou na casa de Rodrigo, pudesse comprar a droga.  Na Delegacia, a defesa de Rodrigo e Willian, assim como dos demais citados, informou a imprensa, que eles não são traficantes e vão provar inocência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA