23/10/2020

Polícia Civil lança 2ª Via Fácil com atualização remota da foto do RG

   A Polícia Civil do Paraná (PCPR) lançou a 2ª Via Fácil, primeira ferramenta do gênero no país, que permite ao cidadão fazer remotamente o pedido de uma nova carteira de identidade, enviando uma foto da câmera do celular ou do computador, sem precisar ir até um posto de atendimento. O lançamento foi terça-feira (20). O secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirmou que a medida é mais um resultado positivo do trabalho desempenhado pela PCPR. “Procuramos sempre fornecer o melhor serviço possível ao cidadão paranaense. Atuamos de forma incansável para possibilitar qualidade nas ações desenvolvidas. É um serviço inovador no Estado, que trará muitos benefícios para a população, além da praticidade para todos que necessitem da atualização da foto do RG”, disse. A solicitação pode ser feita neste link  AQUI - na aba 'serviços', o usuário encontrará o campo 'carteira de identidade'. As pessoas que confeccionaram a última carteira de identidade a partir de 2012 e que tiverem pelo menos 16 anos de idade poderão fazer a atualização remota da fotografia. Para os usuários que possuem registro geral emitido antes de 2012, o sistema informará se será possível fazer a 2ª via fácil ou se precisará agendar. A necessidade de ir até o posto continuará para aqueles que não possuem os dados de foto e impressões digitais no sistema. A 2ª via fácil tem custo de R$ 36,72. Nos casos de perda e extravio, o cidadão deverá solicitar apenas a reimpressão do documento. Para o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, a modernização do sistema tem o objetivo de prestar serviços cada vez com mais excelência à população. “O objetivo é que todos consigam ter acesso a esses serviços essenciais e, muitas vezes, urgentes, de maneira prática e rápida”, afirma. DESAFOGAR - A 2ª Via Fácil foi desenvolvida pela PCPR e a Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar). A ferramenta permite a uma nova via do documento, inclusive com novo layout, por meio da atualização da foto. O próximo avanço, já planejado, deverá ser o da atualização remota, também, de dados. Segundo o delegado da Marcus Michelotto, é comum haver demanda para que as pessoas renovem o registro geral por causa da foto antiga. "Apesar de o RGs não ter prazo de validade, os estabelecimentos comerciais, cartórios, bancos e até outros países pedem os documentos atualizados”, explica. A nova ferramenta oferecerá conforto e agilidade para que o cidadão faça o procedimento. "É um serviço pioneiro, oferecido pelo governo do Estado. Não existe no Brasil essa modalidade e estamos dando um salto para desafogar a demanda de requerentes que temos em nossos postos”, ressalta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA