14/10/2020

SÃO JOÃO - Mulher chamou a PM, mas depois se revoltou com a Polícia

Moradora disse que era agredida pelo marido, mas quando os soldados prenderam o acusado, ela desacatou os PMs. Houve também fuga de menores da Casa Lar
BRIGA - Em São João do Ivaí, uma mulher acionou a Polícia dizendo que apanhava do marido, mas depois, se revoltou contra os policiais. O fato ocorreu em 13 de outubro, de 2020, à 01h30min, na Rua Arcângelo Biagi. A solicitante fez contato dizendo que foi agredida pelo marido, com soco no rosto. O soldados deram voz de prisão ao homem, e encaminharam ambos para o Hospital Municipal, ela para ser atendida e constatada a lesão e ele para ser certificado que não apresentava sintomas de Covid, mas, ao chegar na unidade de saúde, ele se alterou, ameaçava e xingava ela de vagabunda. Quando os soldados foram intervir, a mulher também revoltou com os PMs, investindo contra a equipe e, aos gritos, os xingava e ainda simulou um desmaio. Quando o médico foi examinar as lesões da mulher, também se recusou a ser examinada. O caso foi entregue na delegacia. DESAPARECIDAS - Em São João do Ivaí, no dia 13 de outubro, duas menores tomaram rumo ignorado da Casa Lar. A cuidador disse que elas pularam o muro dos fundos, com auxílio de uma cadeira. As jovens constam com histórico de problemas no núcleo familiar. Buscas foram feitas, mas elas não foram encontradas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA