23/10/2020

Um aplicativo para celular está ajudando na busca de pessoas desaparecidas.

   Um aplicativo desenvolvido por empresas de tecnologia, com a base de dados da ONG Mães da Sé,  promete tornar mais eficiente a procura por desaparecidos. Ele faz uma busca que dependia, exclusivamente, de habilidades humanas. “A gente sempre utilizou de certa forma o reconhecimento facial. Olhando o rosto de pessoas em embalagens, em carros, na mídia e vendo se a gente, humanos, conseguimos identificar alguém na rua puxando pela nossa memória. O que a gente está fazendo agora é usar uma tecnologia de inteligência artificial para automatizar isso”, explica Luiz Vianna, CEO da Mult-Connect. O sistema de reconhecimento facial usado pelo aplicativo está disponível em quase todos os smartphones. Em alguns segundos, a imagem registrada com câmera do celular é comparada, automaticamente, com as mais de 10 mil fotos armazenadas no banco de dados da ONG. O sistema ainda é capaz de reconhecer pessoas que mudaram com o passar do tempo. Também dá para fazer uma busca pelo nome ou informando características físicas da pessoa. As fotos de pessoas que não forem reconhecidas como desaparecidas, não ficam armazenadas. Só em 2019, quase 80 mil casos de desaparecidos foram registrados no Brasil. “Nós estamos trabalhando com tecnologia de última geração. Então a chance de a gente encontrar essas pessoas através desse projeto é muito grande. Como mãe que procuro pela minha filha há 25 anos, a minha esperança se renovou mil vezes”, conta Ivanise Santos, presidente e fundadora do Mães da Sé. (Veja matéria em vídeo publicada pelo Jornal Nacional - clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA