29/11/2020

ASSALTOS - Bandidos se passam por policiais para assaltar em Mauá da Serra

Eles roubaram uma Van do motorista que seguia para Maringá, mas foram interceptados pela Polícia em Apucarana
          Em Mauá da Serra, no dia 28 de novembro, às 22h33min, um homem, de nome Arildo S., de 48 anos, relatou roubo na BR 376, no km 308. Disse que estava viajando sentido à Maringá, com sua esposa e o filho de 9 anos, mas, ao passar pelo local, foi surpreendido (fechado) por um Fiat Uno Prata de duas portas e que, no interior estavam 6 indivíduos, sendo 4 armados com revólver. Eles disseram serem policias o obrigaram o cidadão a parar uma Van Renault /Master branca. Assim que parou, foi anunciado o assalto e tomaram a direção da referida Van, fazendo as vítimas reféns, as quais foram levadas até uma estrada vicinal (Greba Aurora). Elas foram colocadas no interior de um Fiat Uno e transportadas até a rodovia PR 445, onde foram deixadas à beira da rodovia. O Fiat Uno com dois dos bandidos, retornou sentido BR 376 e a Van já havia tomado rumo ignorado. A família conseguiu chegar em um restaurante. Todos abalados e disseram que não conseguiam rastrear seus aparelhos celulares da marca “Iphone”, os quais foram jogados pelos bandidos. Como a Van tinha rastreador, ela foi rastreada seguindo sentido Apucarana e visualizada pela Polícia Rodoviária Federal, passando em frente o Posto de Apucarana. Foi pedido apoio e feito o acompanhamento tático, mas os marginais abandonaram o veículo no bairro Vila Reis e fugiram em meio ao mato. Em seu boletim, a Polícia Militar, de Apucarana, informou que foi até a Vila Reis, sendo possível observar que a PRF acabava de fazer um acompanhamento tático e que o condutor entrou a linha férrea e abandonou o veículo, tomando rumo ignorado. Como foi visto um Fiat/uno com placas de São Paulo e na cor prata, dando apoio aos autores, a PM fez diligências e conseguiu encontrar esse carro abandonado. Em seu interior havia duas toucas de cor preta; um aparelho de DVD automotivo, que havia sido subtraído Van; dois bonés e documentos da vítima, além de uma uma calça na cor cinza e camuflada. O Fiat ainda tinha instalado, um Kit de aparelho sonoro com toques de sirene idênticos aos equipados nas viaturas policiais e com um sistema de alto-falantes e microfone, exatamente o usado na momento do assalto. Todas as providências foram tomadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA