15/12/2020

BOM SUCESSO - Professores farão ato de protesto contra o prefeito Raimundo

Foto o prefeito Raimundo 
  No município de Bom Sucesso, professores da Rede Municipal de Ensino, estão organizando uma manifesto contra os atos do prefeito. No dia 14 de dezembro, de 2020, uma nota publicada pelo Maringá News, revelou que Raimundo Severiano de Almeida Junior (PSDB), evitou através de notificação extrajudicial, que uma passeata de professores, cobrando sua administração, acontecesse na próxima quarta-feira, dia 16 de dezembro, de 2020. A notificação foi feita em 13 de dezembro, sob a alegação de que as medidas de enfrentamento à pandemia de covid-19 proíbem aglomerações. Em mensagem, enviada ao prefeito, a presidente do Núcleo de Mandaguari da APP-Sindicato, Stella Maris Nápolis, lembra que a solução do impasse está nas mãos do chefe do Executivo de Bom Sucesso, “basta receber em audiência, física ou virtual”, a direção da entidade e apresentar a proposta de cumprimento dos compromissos assumidos. MANIFESTO - Em nota, que chegou ao Blog do Berimbau, os professores informaram que farão uma "Mobilização com carreata e buzinaço". Veja a nota na íntegra:
"Atendendo as disposições estabelecidas no DECRETO MUNICIPAL Nº 230/2020 de 11 de dezembro de 2020, sobre a proibição de manifestações públicas que provoquem riscos à contaminação pelo COVID-19 e tendo em vista o direito à livre manifestação de expressão assegurada pela CONSTITUIÇÃO FEDERAL, entendemos por bem, cancelar a PASSEATA convertendo-a em CARREATA e BUZINAÇO. Nossa mobilização terá início às 9h do dia 16/12, saindo da Escola Municipal João Marabolim. A carreata percorrerá algumas ruas do Município, chegando até à Prefeitura Municipal onde aguardaremos reunião com o Prefeito Municipal, solicitada através de ofício. Convidamos toda Categoria da educação, Comunidade Escolar, para essa manifestação segura e pacífica, que demonstra nossa indignação e desacordo com o descumprimento da Lei pelo Executivo. A carreata seguirá rígidas normas de segurança à saúde, com proteção de uso de máscaras e álcool gel, cada qual no seu veículo. Nossa mobilização é necessária, tendo em vista: 1) o descumprimento da legislação do FUNDEB, nos anos 2017, 2018 e 2019; 2) o não cumprimento dos compromissos de quitação dos débitos, antes do enceramento do mandato; 3) falta de negociação entre o Prefeito e a Categoria; 4) a intimidação e assédio contra quem tem o direito de receber o que é devido. Solicitamos que ninguém saia dos carros na concentração. Contamos com a união de todas e todos as/os profissionais nesta luta pelo DIREITO de Professoras e Professores Municipais", diz a nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA