17/12/2020

BOM SUCESSO - Professores foram as ruas manifestar contra o prefeito Raimundo

Veja matéria em vídeo 
Os manifestantes cobram o rateio do FUNDEB, referente aos anos de 2017, 2018 e 2019 e denunciam a não aplicação do valor de 60 % no pagamento dos professores, como previsto por Lei
  Em Bom Sucesso, como já havíamos anunciado, professores da Rede Municipal de Ensino, organizaram uma manifesto contra os atos do prefeito que tem prejudicada a educação no sentido de ferir os direitos do funcionários. Raimundo Severiano de Almeida Junior (PSDB), evitou, através de notificação extrajudicial, que uma passeata de professores, acontecesse na quarta-feira, dia 16 de dezembro, de 2020. A alegação foi que as medidas de enfrentamento à pandemia de covid-19, proíbem aglomerações. A presidente do Núcleo de Mandaguari, da APP-Sindicato, Stella Maris Nápolis, juntamente com os professores, organizou então um outro manifesto, que foi a "Carreata e o Buzinaço". Além deste protesto, também foi divulgada uma nota, que vamos publicar na íntegra. "Nós professores da rede municipal de Bom Sucesso, juntamente com a APP Sindicato, realizamos uma mobilização com carreata e buzinaço com a finalidade de reivindicar do prefeito Raimundo Severiano de Almeida Junior, o cumprimento do pagamento do rateio do FUNDEB referente a 2017, 2018 e 2019. Por não ter sido aplicado o valor de 60 % no pagamento dos professores, como previsto por Lei. O prefeito tinha se comprometido, em reuniões realizadas com o sindicato dos professores, que faria o pagamento em duas parcelas, após as eleições. Por ele ter descumprido o acordo, a Categoria saiu as ruas de Bom Sucesso para manifestar repúdio, indignação e descaso do prefeito com os professores. Também reivindicamos o reajuste do Piso Nacional de 2019 e 2020, que não foi repassado, acumulando assim uma defasagem de 17,01 % no salário dos professores. Acreditamos ter alcançado o objetivo proposto para a nossa mobilização, que era expor para a comunidade a nossa luta ao longo destes 4 anos do que é direito garantido por Lei a nossa Categoria. Após a carreata, a APP-Sindicato e os representantes dos professores, foram recebidos pelo jurídico do município e pela secretaria de educação, e ficou agendada uma reunião presencial com o prefeito, no dia 18 de dezembro, sexta-feira, às 10:30 horas. Queremos agradecer a todos os professores que compareceram na mobilização, que abraçaram a causa demonstrando que não vão mais aceitar que seus direitos sejam violados. Que estarão sempre na luta pelos seus direitos. Nosso agradecimento a APP-Sindicato e a todos da comunidade, que apoiaram a mobilização. Que Deus os abençoe infinitamente", diz a nota. O prefeito, reeleito, em 15 de novembro, de 2020, não falou a imprensa sobre o manifesto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA