22/12/2020

MARILÂNDIA - Quadrilha rouba caminhão carregado com carne e é investigada

O assalto foi entre Califórnia e Marilândia, mas o motorista foi levado como refém para Jaguapitã. A Polícia já identificou um Gol, placas de Rolândia, usado pelos marginais
 
Em Marilândia do Sul, no dia 21 de dezembro, de 2020, foi praticado assalto. A Polícia Militar recebeu informações do roubo de um caminhão frigorífico carregado de carne e que, inclusive, esse veículo de carga estava rodando nas proximidades da Rua Altamira, sentido área rural. Pouco depois, o caminhão foi localizado em meio a uma plantação com ninguém em seu interior. Também compareceu ao local, a Polícia Rodoviária Federal, com dois patrulheiros, os quais revelaram que estavam em contato com o proprietário registrando o assalto, que ocorreu entre Califórnia e Marilândia do Sul, próximo ao Posto Cupim, sendo que o condutor e seu ajudante foram levados, como reféns, para Jaguapitã. Enquanto o boletim era registrado pelo Destacamento local, chegaram informações importantes e foi verificado por câmeras de segurança do município, constatando que um veículo VW Gol cinza, de Rolândia-PR, estava dando cobertura, o que ficou evidenciado ao falar com o motorista do caminhão roubado. Ele contou que na hora do roubo, entre Califórnia e Marilândia, uma Hilux preta que seguia a sua frente, diminuiu a velocidade fazendo com que parasse. Logo emparelhou uma S-10, preta de onde desceram marginais, com pistola e touca preta e renderam ele e o ajudante, fazendo com que continuassem o trajeto. Ao passar o pontilhão, fizeram com que o veículo de carga parasse. Eles colocaram sacos na cabeça da vítima. Logo sentiram uma pancada no caminhão e perceberam que era outro caminhão encostando de ré para fazer o transbordo da carga. Foi retirado o saco da cabeça das vítimas, os quais foram obrigadas a fechar o Baú, momento em que perceberam a presença do VW/Gol, modelo G4 na cor cinza com um motorista gordo. O caminhão foi abandonado em meio a plantação e as vítimas foram novamente colocadas no referido Gol com sacos na cabeça, as quais perceberam que trafegaram por um longo tempo, até serem libertados em Jaguapitã. Com o depoimento dos reféns e as imagens captadas pela Polícia, foi identificado o carro de passeio, com emplacamento da cidade de Rolândia, sendo apurado que quem usava o carro era o irmão da pessoa que figura como proprietário, o qual já é de conhecimento, estar, supostamente, envolvido em alguns roubos de carga na região. Foram realizadas algumas diligências pela equipe de Rolândia, no intuito de localizar o referido veículo, para averiguar as informações levantadas, porém o suspeito não foi encontrado. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA