31/01/2021

BORRAZÓPOLIS - Depois de um bom tempo, parto foi realizado no Hospital Municipal

    Em Borrazópolis, fazia muito tempo que não nascia um borrazopolitano de fato, por conta da nova metodologia, implantada no governo de Beto Richa, que criou a rede materno-infantil, para atendimento de gestantes e bebês, especialmente, em casos de gestação de alto risco. Em Borrazópolis, a referência é o Hospital da Providência, em Apucarana, que atende uma região que abrange 17 municípios do Centro Norte do Paraná, vinculados à 16ª Regional de Saúde do Estado.  O prefeito Dalton Moreira, prometeu, em sua campanha, implantar uma sala especial para realização de partos em Borrazópolis, com argumento de que os filhos da cidade precisam voltar a nascer no município. Mas este não é um processo fácil e nem barato,  por conta da demanda de uma equipe médica, anestesista, equipamentos e outros, o que muitas vezes inviabiliza partos em cidades pequenas. Mas neste dia 31 de janeiro,  de 2021, nada disso foi observado.  O parto ocorreu porque uma mãe chegou ao hospital municipal com um alto grau de dilatação.  Segundo a enfermeira Márcia, todos os procedimentos foram feitos pela equipe do Dr. Felipe, um jovem e competente médico, que vem atuando no município.  Em seguida, após o nascimento, foi acionado o SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, para que a criança, um menino, fosse levado para Apucarana, onde passaria por algumas avaliações.  A mãe, é a conhecida "Diva". Ela é o bebê passam bem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA