02/04/2021

APUCARANA - Filho ameaçava pai com faca e o manteve refém

A Polícia Militar estabeleceu uma negociação com o acusado e levou hora  para conseguir o imobilizar e libertar  a vítima
      Em Apucarana, entre o dia 01  e 02  de abril, de 2021, um homem, de 50 anos, deu muito trabalho para a Polícia Militar. Ele foi acusado de sequestro e cárcere privado, na Região do Jardim Menegazzo. Segundo informações,  manteve o pai, na mira de duas facas e ameaçava mata-lo. Os policiais levaram um bom tempo de negociação, até conseguir imobilizar o autor. Leia, o boletim registrado pela PM, na íntegra, para entender como o fato ocorreu: "Por volta das 23h58min, fomos informados que haveria um indivíduo em surto psicótico. O mesmo estava portando uma arma branca e dizendo: “faca na caveira” e que iria “matar mais um”. O solicitante relatou ainda que o indivíduo estava dando voltas na quadra. Cerca de duas horas antes, uma equipe da PM já havia comparecido em uma residência próxima do local, onde segundo o acionamento de uma servidora do município, o homem estava estado emocional abalado em sua residência. A equipe PM fez contato o homem, o qual parecia exaltado, mas disse que estava tudo bem, que estava resolvendo problemas familiares com seu pai e que uma equipe do SAMU e da GCM já havia ido até lá, onde residiria apenas com seu pai idoso. Assim, por volta da 00h10min, a equipe chegou ao local, onde passou a ouvir sons de portas batendo no interior da casa. Foi tentado realizar contato com os moradores, porém sem êxito. Diante disso, e temendo pela integridade física do idoso, que ali residiria com seu filho, a equipe decidiu romper a cerca elétrica e acessar uma sacada através de um telhado. Ao se aproximar da sacada, saiu do interior de uma sala, acusado com duas facas nas mãos dizendo: sai daqui! Vá embora!. Um Pm solicitou que soltasse as facas e se acalmasse, momento em que o suspeito entrou a residência novamente e sentou em um sofá, atrás de seu pai, colocando as duas facas apontadas contra a cabeça do idoso. Ele repetia: vai embora! E após alguns minutos passou a não mais responder às tentativas de diálogo. Diante da situação de crise instalada, foi realizado contato com equipe de negociação do BOPE, e repassadas as informações acerca da situação. O filho dizia ao senhor para ele fazer seu último pedido e rezar. O idoso se mostrava muito debilitado, inclusive, usava uma cânula nasal que estava desconectada do oxigênio. Ato continuo, outras equipes policiais conseguiram criar um segundo acesso ao interior da residência, após arrombar um portão e uma porta dos fundos. O comandante do 10°BPM, foi ao endereço, chegou na sacada e iniciou uma nova abordagem, identificando-se com seu posto e função e solicitando que o mesmo saísse para conversar com ele e deixasse que uma equipe médica cuidasse do senhor idoso, após alguns minutos, o suspeito saiu e em um momento colocou as facas ao chão demonstrando que colaboraria, porém enquanto a equipe se aproximava, com cautela, para contê-lo, pegou novamente as facas e retornou ao interior da residência. As negociações continuaram, até que foi disparado tiro de dispositivo elétrico incapacitante, entretanto apenas um dardo atingiu o mesmo, momento em que ele retornou ao local inicial onde seu pai se encontrava, com os ânimo alterado novamente. Após algum tempo, o suspeito saiu novamente na sacada e voltou a conversar. Enquanto era mantido o contato verbal, uma equipe conseguiu acessar o cômodo onde o suspeito estava, inicialmente, com seu pai sem o autor perceber, conseguindo remover o idoso do local. Alguns instantes depois, começou a caminhar pelos cômodos da casa como se estivesse conferindo se ainda havia alguém, enquanto uma equipe policial aguardava em uma sala. No momento em que o indivíduo entrou no local, segurando ambas as facas abaixadas em uma mão, foram efetuados dois disparos de dispositivo elétrico incapacitante, sendo possível o imobilizar", informou o boletim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA