05/04/2021

FAXINAL - Comerciante ameaçado por não vender fiado e homem esfaqueado

Ao todo, no dia 04 de abril, foram três ocorrências em Faxinal: Ameaça a dono de lanche;  briga familiar e o caso de uma vítima de esfaqueamento 
AMEAÇA - No dia 04 de abril, início da madrugada, na Rua Santos Dumont, um cidadão compareceu no Destacamento da Polícia Militar, dizendo que é proprietário de uma lanche e, que estava em seu comércio, quando chegou uma pessoa  pedindo fiado. Devido a pandemia e dificuldades, explicou que não poderia fazer. Então o autor se retirou e voltou com o dinheiro, jogando na vítima. Mesmo assim, o dono do lanche disse que não faria, por conta do horário e do decreto municipal. Irritado, o acusado  jogou  um frasco de álcool no comerciante, provocando escoriações em seu braço. Ainda afirmou que iria sair para pegar o "bagulho", resolver a questão, dando a entender, que buscaria uma arma. Já o segundo caso de ameaça, foi no dia 04 de abril, às 22h29min, na Rua Manoel Moreira. Uma senhora relatou que teve uma discussão com seu convivente. Com a chegada da PM, ela estava abalada e com duas crianças. Mas afirmou que não iria representar mais e que uma tia estava vindo busca-la. FACADA- Ainda em Faxinal, no dias 04 de abril, às 18h15min, a Polícia Militar, foi até o Pronto Atendimento Médico, onde havia um indivíduo com ferimento de arma branca. Ele contou que discutiu com um homem, em frente a sua casa, sendo que, em certo momento, ele deu uma facada na lateral de seu corpo e saiu correndo, tomando rumo ignorado A vítima foi levada para o hospital, por populares. Foram feitas buscas e o agressor não foi localizado. O caso é investigado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA