30/08/2021

APUCARANA - Bandidos invadem casa, fazem família refém, mas são presos

 
ASSALTO - Na manhã de domingo, pelo menos dois homens, de 31 e 39 anos, foram presos, na Vila Agari, na Rua Esmeralda, acusados de roubo a uma residência, que fica ao lado de um Auto Center. Os marginais aproveitaram,  que o morador estava saindo com um veículo Hyundai, quando o renderam. Eles pediram a chave e ordenaram: “desligue o carro, não grita e vamos entrar”. Ao voltar, já como refém e se dirigir na direção da porta da cozinha, passou, a vítima, a falar alto com o intuito de alertar a sua família acerca do roubo em andamento. Sua esposa, ao perceber, trancou a porta e pediu para sua filha, ligar para a Polícia. O pai, ainda do lado de fora, pediu para a esposa que buscasse dinheiro e trouxesse até ali, mas, não satisfeito, forçaram a porta de entrada dizendo que queriam o cofre, que estava no guarda-roupas. Em pânico, a esposa abriu a fechadura, permitindo a entrada dos dois assaltantes. Já no interior da casa, subtraíram o dinheiro do cofre, celulares, chave do veículo Hyundai e diversas jóias. Eles pretendiam empreender fuga com o veículo da família, mas do quarto, a filha conseguiu acionar o 190 e os ladrões foram surpreendidos pela Polícia Militar, que chegou com viaturas na  da casa. Os muros eram altos, com cerca elétrica, mas algumas das vítimas começaram a gritar que os autores estavam fugindo pelos fundos. Houve um cerco dos soldados fardados e do Serviço de Inteligência, até que ambos foram detidos em ruas próximas, sendo o primeiro, de 39 anos, e o segundo, de 31 anos. Após buscas, com um deles, foi encontrado 2.400 mil, joias, celular e a chave de um Hyundai. Com o outro, havia mais 19 mil em dinheiro na cueca. Ao voltar ao endereço do crime, foi encontrado o revólver, marca Rossi cal. 38, com cinco munições intactas, escondido próximo a Piscina. Ficou apurado que na casa haviam  cinco pessoas, o morador, de 55 anos, a mulher, de 46 anos, e os filhos de 21, 23 e 25 anos. Informações apuradas, apontam que um deles é integrante de uma facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), e já cumpriu pena no Estado de São Paulo por mais de oito anos pelos crimes de tentativa de homicídio, roubo e tráfico. Ficou apurado ainda que ambos os autores estavam já há alguns dias, cerca de umas semana, se passando por mendigos e fingiam estar embriagados.  Os presos foram entregues na delegacia de Polícia e serão investigados também por outros delitos na cidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA