27/10/2021

BRONCAS - Borrazópolis, Faxinal, Marumbi, Marilândia e Apucarana

Borrazópolis mulher acusa marido. Faxinal homem injuriou mulher e caminhão danificou rede de internet. Marumbi som alto. Marilândia agressão a feminina e Apucarana houve perturbação 
BORRAZÓPOLIS - Em Borrazópolis, no dia 26 de outubro, na Rua- Vicente Fabiano Rodrigues, final da tarde, uma mulher acionou a Polícia, dizendo que o marido chegou em casa alterado, embriagado e agressivo. Disse ainda que, toda vez que ele assim chega, começa a briga e, por isso, as confusões são constantes. Ao final, ela decidiu não representar e foi apenas orientada. FAXINAL - Em Faxinal, no dia 26 de outubro, a mulher ficou preocupado, porque o marido tinha sumido no dia anterior. Então saiu a sua procura, preocupada com o seu bem estar e o encontrou na casa de outra pessoa. Ao invés de agradecer, o homem passou a xinga-la e ameaça-la. Na Rua Espírito Santo, em 26 de outubro, um caminhão Mercedes Benz, azul, carregado de melancia, bateu em um poste e empreendeu fuga. Ele também arrebentou cabos de internet causando prejuízos e transtornos. MARUMBI - No dia 26 de outubro, na Rua São Paulo, morador relatou, que havia um veículo com som em volume alto no interior de uma auto elétrica e que estava incomodando. O proprietário do local, de 33 anos, informou, que, realmente, havia realizado reparos em um equipamento sonoro e efetuado a regulagem, porem já tinha encerrado o serviço. MARILÂNDIA - No dia 26 de outubro, Rua Três de Março, uma mulher disse que encontrou o agressor, que estava alterado e o agrediu com um soco em seu rosto. Ainda a enforcou e a empurrou. A vítima estava com o bebê de cinco meses no colo, que é filho dela e do acusado. Uma prima do homem, também teria ajudado na agressão. Diante dos fatos, o suspeito foi detido. Ele negou. APUCARANA - No dia 26 de outubro, na Rua Talita Bresolin, cidadão disse que seu vizinho, vem, constantemente, proferindo ameaças de morte, cujo apartamento que o autor mora, fica em frente ao seu. E por vários dias, não consegue dormir devido a brigas e gritarias que causam insônia. Ainda o autor das ameaças fica batendo em sua porta, apertando a campainha e gritando no corredor. Quando a equipe chegou ao local, o acusado havia evadido-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA