08/11/2021

MANOEL RIBAS - Caso de lesão corporal e dois são presos após arrombar casa

O vídeo revela duas maiores espancando uma adolescente 
 FURTO - Crime de furto, com prisão, foi registrado pela Polícia Militar, no dia 07 de novembro, de 2021, por volta das 18 horas. A equipe policial foi acionada pela pessoa de Valderir Alves da Silva. Ele relatou que, ao chegar a sua residência, percebeu que ela havia sido arrombada e que diversos objetos haviam sido subtraídos. A câmera de segurança gravou três indivíduos nas proximidades, sendo que, dois deles, ficam na vigilância, enquanto o terceiro pula o muro e furto objetos, entre eles: furadeira elétrica; parafusadeira Boch; caixa preta com jogo de chaves de pito; cinco perfumes da natura; uma semijoia; bermuda jeans e uma aliança. A Polícia Militar, equipe do Sargento Toni, conseguiu identificar dois autores, de 20 e 21 anos, e, após patrulhamento, foram abordados no Bairro Santa Rita. O de 20 anos, ao avistar a equipe policial, saiu em fuga e chegou a ganhara uma mata, mas foi contido e detido. Ele e seu comparsa, acabaram confessando o crime e ainda apontaram quem seria o terceiro. A Polícia Militar não informou nomes, mas seria, segundo testemunhas, o conhecido "Tatu". Por fim, indicaram o local, onde havia escondido os objetos. No endereço, foi encontradas apenas a caixa vazia com o jogo de chaves de pito. O jovem, de 20 anos, disse que o outro, havia os enganado e retirado os demais objetos, que eles haviam escondido. Relata também que dois dos perfumes da Natura, trocou por entorpecentes. Os detidos foram levados para a delegacia. A defesa do "Tatu", fez contado dizendo que ele nega envolvimento e vai provar inocência. AGRESSÃO - Ainda, em Manoel Ribas, neste dia 07 de novembro, por volta das 18h30min, a equipe policial militar foi informada, pela polícia civil, que uma adolescente, de 13 anos, havia sido agredida e era atendida no hospital municipal, acompanhada pela sua genitora. Ao chegar a unidade de saúde, a mãe disse que as autoras das lesões, eram duas mulheres, uma, de 24 anos, e a outra, de 25 anos. Pouco depois, as acusadas foram encontradas no Bairro Santa Rita. Indagadas sobre os fatos, afirmaram apenas, que agiram em legítima defesa e que o motivo da desavença, teria sido por motivos pessoais. Também afirmaram que, um vídeo que foi gravado e estaria circulando pelas redes sociais, foi feito por uma amiga. O tal vídeo revoltou a comunidade de Manoel Ribas. Ambas foram conduzidas, para serem ouvidas e as devidas providências seriam tomadas.  Assista o vídeo acima, que foi desfocado para preservar a identificação da vítima. Clique aqui para ver uma segunda matéria, onde consta a prisão de uma das acusadas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA