28/12/2021

APUCARANA - Pandemia triplicou usuários da rede de assistência em Apucarana

A partir do surgimento do novo coronavírus (Covid-19), a rede de assistência social dos municípios acompanhou um crescimento exponencial no número de famílias necessitadas, sobretudo no tocante à alimentação básica. Em Apucarana, a pandemia fez com que o número de atendimentos triplicasse. O novo cenário da assistência social e um relatório dos trabalhos realizados ao longo do ano pelos diversos serviços foram pauta de uma reunião realizada nesta quarta-feira (28/12) entre o vice-prefeito Paulo Sérgio Vital e a secretária municipal Ana Paula Nazarko. No encontro de prestação de contas, que aconteceu nas dependências do Centro Social Urbano do Parque Bela Vista, Nazarko repassou ao gestor municipal um balanço completo dos resultados. Somente no setor de Proteção Social Básica – SAS –, através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), foram contabilizados 33.814 atendimentos e repasse direto de 15.075 cestas básicas. Atualmente, 16 mil famílias estão inseridas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), documento obrigatório para ter acesso a programas sociais, sendo que mais de 7 mil cadastros foram efetivados neste ano. “Grande parte do público atendido atualmente não era usuária da rede de assistência, mas com o advento da pandemia o número de pessoas assistidas mais que triplicou. Famílias que de um momento para outro se viram em dificuldades e que se descobriram cidadãs de direitos que poderão usufruir durante o período em que estiverem em vulnerabilidade”, pontuou Ana Nazarko. Além das mais de 15 mil cestas básicas adquiridas com recursos próprios do município e que chegaram às mesas de famílias em vulnerabilidade social, Nazarko revelou que a Campanha Vacina Solidária angariou até o momento 33 toneladas de alimentos. “Produtos diversos levados pela população até o ponto de arrecadação na central de vacina contra a Covid-19 e que, além de chegarem às famílias assistidas, também são repassadas às entidades sociais”, informou a secretária. De acordo Ana Nazarko, ao longo dos últimos nove anos a política pública de assistência social de Apucarana foi não só estruturada, mas ampliada e intensificada. “Um trabalho que teve início na gestão Beto Preto/Júnior da Femac e que tem sequência agora na gestão Júnior da Femac/Paulo Vital, gestores preocupados com o social. O prefeito Júnior da Femac tem destacado sempre que em Apucarana ninguém fica para trás, ninguém vai passar fome, e é assim que toda nossa equipe técnica tem trabalhado dia a dia em todos os serviços, levando os esforços além do limite para o bem estar de crianças, adolescentes e idosos”, assinalou a secretária. Além do profissionalismo e dedicação das equipes técnicas, avalia o vice-prefeito Paulo Vital, os resultados da política municipal da assistência social refletem o olhar de atenção e cuidado com a população implementado pela atual administração municipal. “Todas as decisões de gabinete são sempre voltadas ao cuidado com o ser humano. Temos ainda grande parceria com os conselhos municipais e entidades assistenciais, que prestam um grande serviço à população, tanto é que o prefeito Júnior da Femac tem sempre, de acordo com o orçamento municipal, viabilizado incremento das subvenções sociais em prol destas entidades. Em 2022, por exemplo, já estão garantidos cerca de R$1,6 milhão para 15 entidades habilitadas junto ao conselho municipal”, enumerou Vital. Durante a reunião de prestação de contas, o vice-prefeito também teve ciência de outros resultados como o encaminhamento de 378 animais domésticos (cães e gatos) de famílias de baixa renda para castração gratuita através do Programa Mais Saúde Animal, confecção de 200 cadastros únicos para o Passe Livre da Gestante, 470 encaminhamentos para documentações gratuitas, como carteira de identidade e certidões. “Nossos CRAS também promoveram um grande trabalho itinerante, realizando 1.116 atendimentos em localidades de difícil acesso, onde poucos serviços chegam. Trabalho que rendeu reconhecimento do Prêmio Gestor Público Paraná, promovido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep)”, lembra Paulo Vital, vice-prefeito de Apucarana. A secretária Municipal Ana Paulo Nazarko relatou ainda a inauguração do primeiro CRAS de Apoio, localizado no Parigot de Souza. “Para o ano de 2022, a meta do prefeito Júnior da Femac é inaugurar mais um CRAS de Apoio nas imediações do Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti visando atender a população dos bairros próximos”, revelou a secretária. Paulo Vital aproveitou a agenda para vistoriar a estrutura e os departamentos do Centro Social Urbano. “Pude constatar que está tudo muito organizado. A frota de veículos também em perfeita ordem”, parabenizou o vice-prefeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA