Páginas




 


03/05/2022

CHOQUE ELÉTRICO - Associação dos Engenheiros do Vale do Ivaí faz importante alerta

Nossa reportagem ouviu ASSEAVI - Associação dos Engenheiros do Vale do Ivaí, após suposto acidente de trabalho, com choque elétrico e queda de plano elevado, que provocou morte em Ivaiporã 
   
   
   No dia 02 de maio de 2022, um trágico suposto acidente de trabalho ocorreu em Ivaiporã, onde um jovem, de nome Eberson Ribas, faleceu. A princípio, ele trabalhava com pintura e foi vítima de descarga elétrica.  A causa exata e o que realmente ocorreu, ainda depende de apurações, mas, esse tema: acidentes de trabalho com choque elétrico, é algo que tem ocorrido com frequência em  todo Brasil, por isso solicitamos uma orientação da ASSEAVI - Associação dos Engenheiros do Vale do Ivaí, que é bastante atuante e tem feito um trabalho importante de conscientização e orientação.   "Embora, aparentemente, simples, o serviço de pintura da fachada de edificações é de altíssimo risco, e merece uma grande atenção. Infelizmente é muito comum, em nosso município, Ivaiporã, acidentes como este ocorrido na manhã desta segunda feira (02/05/2022), em que está sendo feito a pintura da fachada e, em seguida, existe o contato com a alta tensão, e, posterior, à queda do trabalhador. Com o intuito de orientar a população a evitar novos acidentes a ASSEAVI -  gostaria de expor alguns pontos importantes", disse o presidente  da Associação, Alcides Pascoal, que é Engenheiro Ambiental e de Segurança do Trabalho.   Ele enumerou alguns pontos importantes: "1) Todo serviço de manutenção na fachada, principalmente de pintura próximo da rede, deve ser feito por equipe especializada, devidamente registrada, pois como dito, existem ali riscos gravíssimos, tais como o risco de queda de altura e choque elétrico. 2) O trabalhador para desempenhar o trabalho acima de 2 (dois) metros, deveria antes passar por um treinamento de 8 (oito) horas, e para obras próximos da rede a Copel deve ser consultada, em muitos casos deve ser feito o desligamento completo da rede. 3) Se for o caso de construção nova próximo da rede, a mesma deverá ter um responsável técnico (engenheiro ou arquiteto) que deve dar assistência na obra e fazer toda a orientação necessária. 4) Embora proibido pela legislação, é comum algumas obras terem sido construídas em cima da calçada, local pertencente ao município em que não deve ser feito qualquer tipo de obra, nestes casos a edificação se aproxima da rede elétrica, aumentando assim os riscos de choque". Com estas orientações, acreditamos estar colaborando para que evitar que outros acidentes aconteçam, alguns com resultados trágicos, ou seja, mortes e também com sequelas graves.  Importante também, que o poder público tenha essa concepção. Observamos que, a nota é apenas de conscientizar e não é uma análise do acidente ocorrido em Ivaiporã, o qual, como citamos no início da reportagem, ainda depende de investigação e conclusão do seu inquérito.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...