Páginas




 


13/05/2022

FAXINAL - Polícia Civil prendeu mulher acusada de tráfico de drogas

As investigações apontam que, enquanto o marido está preso por tráfico, ela estava mantendo o funcionamento da "Boca de Fumo" 
      
O Setor de Inteligência da 53ª DRP - Delegacia Regional de Polícia, de Faxinal, comando do Dr. Ricardo Mendes, investigava há semanas, uma pessoa, cujo nome não foi divulgado, mas apuramos que seria Andressa de Assis. Havia informações que ela estava utilizando a residência onde mora, para realizar o comércio de substância entorpecente, local este já utilizado pelo seu marido, o qual se encontra preso pelo crime de tráfico de drogas. Em 12 de maio de 2022, os agentes da Civil ficaram monitorando o local, que é escuro, sendo que, por uma fresta da janela, foi possível flagrar o momento em que um usuário chegou e entregou dinheiro a Andressa, a qual retribuiu, devolvendo entorpecente. Quando  a equipe chegou a porta, o comprador conseguiu sair correndo e não foi possível identificá-lo, mas, na luta corporal com o agente Emerson, ele dispensou um invólucro contendo substância com cheiro e características de crack. "Em razão do estado flagrancial, entramos na casa e foi feita a revista, momento em percebemos que a moradora não falava direito, logo percebemos que o restante da droga estava em sua boca. Ela começou a comer e passar mal. Imediatamente fizemos o socorro com encaminhamento ao hospital, sendo que a detida passou a vomitar e cuspiu o restante do crack. A moça foi atendida pelo médico plantonista", informou a Polícia Civil, sem informar nomes. Na casa foram encontrados: R$ 300,00 e, nos seios da socorrida, mais R$130,00; e ainda um aparelho de telefone celular azul. O crack totalizou a quantia de 5 (cinco) gramas, dividido em uma pedra que foi dispensada pelo usuário e as demais que a acusada havia mastigado. A mulher recebeu voz de prisão pelo crime de tráfico de drogas e também foi feito o laudo de lesão corporal.  MAIS DROGAS - Nesta sexta-feira, dia 13 de maio, a Polícia Civil voltou a casa da moradora e fez novas buscas, sendo localizadas mais porções de droga, conforme imagens acima, onde o material ilícito aparece em cima de balanças. Portanto, este boletim de ocorrência seria complementado.  NEGATIVA -A defesa de Andressa,  informou que ela nega ser traficante e vai comprovar esta afirmação durante o inquérito.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...