Páginas




 


07/06/2022

Apucarana abre o Restaurante Popular, com refeições a R$2,00

A Prefeitura de Apucarana, por meio da Secretaria de Assistência Social, abriu nesta terça-feira (7 de junho) o Restaurante Popular, com refeições ao custo de R$2,00 (dois reais). O ato aconteceu pela manhã, com a presença do prefeito Junior da Femac, vice-prefeito Paulo Vital e a secretária de assistência social, Ana Paula Nazarko, além de outros secretários e vereadores. Já no primeiro dia de funcionamento o Restaurante Popular atingiu a cota máxima de refeições, que está limitada a 200 (duzentas) pessoas. A secretária Ana Paula Nazarko explica que foi licitado e contratado o valor de R$600 mil, por doze meses, para servir 50.400 refeições. Ele cita que as pessoas pagam apenas R$2,00 por refeição, sendo que o custo adicional é subsidiado pelo município. O programa instituído por lei municipal é destinado à população em situação de vulnerabilidade social, garantindo uma refeição diária a preço acessível e de qualidade. O público alvo é de idosos e trabalhadores em geral, principalmente, os que estão buscando colocação no mercado de trabalho. No primeiro dia o cardápio foi cubos de pernil suíno acebolado, arroz, feijão, canjiquinha, cenoura ralada, acelga e laranja de sobremesa. O atendimento acontece das 11 às 14 horas, de segunda a sexta-feira, sendo que, a partir das 10h45, o caixa do restaurante estará aberto para a venda dos tickets. O cardápio, sob a supervisão de nutricionistas, inclui carnes, legumes, verduras, massas e frutas de sobremesa. O restaurante está funcionando na Rua Irati, número 379, em frente à Associação Filantrópica Ferra Mula. Ana Maria Shimidt, superintendente da Secretaria de Assistência Social, faz alguns esclarecimentos importantes. “As pessoas em situação de rua vão continuar sendo atendidas no Centro Pop, na Rua Clotário Portugal. O Restaurante Popular não irá vender marmitas e nem fará entregas. As refeições devem ser consumidas no local”, explicou ela. “A alimentação adequada é um direito fundamental do ser humano, sendo assim é essencial que o Poder Público adote políticas e ações para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional das pessoas em situação de vulnerabilidade”, assinalou o prefeito Junior da Femac, que acompanhou o início de funcionamento do restaurante. Ele lembrou de outros programas municipais que contribuem para a alimentação. “Temos a melhor merenda escolar do Paraná, estruturada com produtos do Programa Terra Forte. A prefeitura mantém o Centro Pop que serve uma média de 1.500 refeições por mês; e o Centro Dia que serve alimentos aos idosos. Em outra frente, o município repassa cestas de alimentos para diversas entidades sociais, que contemplam um número significativo de famílias. E, concluindo, mantemos também a entrega mensal de centenas de cestas básicas para famílias cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS)”, assinala o prefeito Junior da Femac, frisando que “ninguém vai passar fome em Apucarana”. O vice-prefeito Paulo Vital destacou que para viabilizar um programa como esse, em primeiro lugar é preciso ter vontade política. “Em gestões anteriores a 2012 tinha dinheiro e os meios, mas isso não foi feito. Somente agora, com a iniciativa do prefeito Junior e apoio da bancada aliada na câmara foi possível planejar e colocar em prática esta ação de cunho social”, enalteceu Paulo Vital. O evento foi prestigiado pelos vereadores Rodrigo Lievore, Mauro Bertoli, Jossuela Pireli, Marcos da Vila Reis, Tiago Cordeiro, Luciano Molina e Toninho Garcia. Todos discursaram na abertura do restaurante popular, manifestando sua aprovação à proposta da gestão. O presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, David Brito, também elogiou a proposta da prefeitura. “Trata-se de uma ação concreta do município para permitir que uma faixa da população vulnerável tenha acesso à alimentação de qualidade a um custo muito acessível”, destacou.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...