Páginas




 


03/06/2022

APUCARANA - Concurso da Guarda será retomado após denúncia de fraude

O presidente da Comissão do Concurso Público da Guarda Civil Municipal (GCM), advogado Rubens de França, informou no final da tarde desta sexta-feira a retomada do cronograma do Concurso Público da Guarda Civil Municipal de Apucarana. A decisão foi tomada em conjunto com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina (FAUEL), responsável pela organização e aplicação do concurso. Ao mesmo tempo, a comissão e a FAUEL, por meio do edital 031/2022, decidiram eliminar três candidatos que participavam do concurso. Foram excluídos Everton Pereira Carletti, Érica Fabiano Alves e Débora Pedroso Fabiano, que têm vínculo familiar com o guarda Civil municipal Alessandro Pereira Carletti, ex-comandante da GCM e ex-presidente da comissão organizadora do concurso. Conforme explicou o novo presidente da comissão organizadora do concurso, o advogado Rubens de França, não foi encontrada nenhuma outra irregularidade. “Em razão disso, decidimos em conjunto com a FAUEL, dar continuidade ao concurso público, conforme consta no edital 032/2022”, informou França. De acordo com este último edital, já está devidamente estabelecido o cronograma para as próximas etapas do concurso da GCM de Apucarana. No próximo dia 14 de junho serão divulgadas as notas preliminares da prova objetiva e o gabarito definitivo. Nos dias 15 e 16 de junho, os candidatos poderão apresentar recurso em relação às notas obtidas na prova objetiva. E, no dia 28 de junho, acontecerá a divulgação definitiva da prova objetiva e convocação para exame de suficiência física. Já o exame de suficiência física será realizado no dia 30 de julho. O cronograma do concurso prossegue até a última etapa prevista para o dia 29 de janeiro de 2023, quando será feita a divulgação da classificação final definitiva. SUSPENSÃO – A suspensão temporária do concurso ocorreu no dia 18 de maio, a partir de denúncia da participação irregular de três candidatos no concurso da GCM. Rubens de França que, na ocasião, assumiu a presidência da comissão organizadora, lembrou que o concurso é regido pelo edital 004/2022, que veda expressamente a participação de pessoas com vínculo familiar com os integrantes desta comissão. “Todas as medidas cabíveis foram avaliadas pela FAUEL e a comissão organizadora e, agora, está sendo retomado o cronograma normal do concurso, sem prejuízo algum para os concorrentes”, conclui Rubens de França.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...