Páginas




 


10/06/2022

ASSALTO - Após roubo em Marilândia-PR, acusados são presos em Nova Andradina

 O 10º Batalhão de Apucarana e a Polícia de Nova Andradina, acreditam que, a união das forças de segurança, tenha tirado de circulação parte de uma quadrilha organizada e estruturada    
Um roubo que aconteceu em Marilândia do Sul-PR, mais precisamente no sítio do Daniel Ribeiro, onde 4 elementos armados, levaram um Caminhão, uma F.4000 e um Fiat Uno, culminou com prisões, em Nova Andradina, no Mato Grosso do Sul, dos suspeitos e a suposta elucidação de um grupo armado  que agia no Paraná, roubando veículos e destinando para aquele estado. "Aqui em Marilândia, o crime ocorreu em 08 de junho, registrado às 04:58 horas, de 09 de junho, no Bairro Leão do Norte, na BR-376, onde quatro indivíduos encapuzados, sendo que dois portavam arma de fogo, entraram na propriedade, por volta das 20:30, e levaram ferramentas e três veículos: Um caminhão Mercedes Benz azul, um Fiat Uno verde e uma F.4000 branca. Eles saíram às 03 da manhã do outro dia, 09 de junho", informou o boletim do 10º Batalhão. O serviço de inteligência começou a investigar o fato, até rastrear os veículos. Ainda no dia 09 de junho, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, mais precisamente a Seção de Investigações Gerais (SIG) de Nova Andradina, recebeu uma ligação do 10º Batalhão de Apucarana, apontando que os veículos estavam no Pátio de um Posto em Nova Andradina. Ao chegar ao local, os agentes depararam com o caminhão Mercedes Benz de saída, mas ele foi abordado e seu motorista preso. Próximo ao caminhão, mais dois suspeitos foram detidos. Após as prisões, a F.4000 também foi recuperada em uma casa, além de um Fiat Uno. Policiais do Mato Grosso do Sul, informaram que, pelo menos um dos presos, já era monitorado como integrante de um grupo criminoso que agia nos dois Estados. Os meliantes eram organizados, atuavam com divisão de funções e divisão do lucro  ilícito. Com as prisões, a expetativa, é que outros crimes sejam elucidados e mais autores sejam identificados. Entre os detidos estão: Adriano, de 39 anos, que é de Apucarana; Vanderlei, (Boy) de 46 anos, e Divonsir Cassimiro, (Barba) de 62 anos. O Delegado Felipe Davanso Mendonça,  titular de Batayporã e interinamente na Seção de Investigações de Nova Andradina, concedeu entrevista ao repórter Edinaldo Henrique, da Rádio Nova Am, confirmando os detalhes acima relatados. Os detidos negaram envolvimento com grupo criminoso e disseram que vão provar inocência.  (Fotos da Polícia Civil de Nova Andradina - Colaborou Edinaldo Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...