Páginas




 


03/06/2022

BERIMBALADAS - Nova Tebas falta estrada no sítio e casas são alagadas na cidade

 Em Nova Tebas, na última semana de maio e início deste mês de junho de 2022, foi de reclamações da cidade para o Blog do Berimbau. Alguns problemas são antigos, mas infelizmente não foram resolvidos e são tratados com total descaso e indiferença pela gestão municipal. A única certeza que se tem, é que o salário do prefeito, um dos mais altos do Paraná, é pago fielmente; a cobrança do IPTU é rigorosa, mas a prestação de serviços para o cidade, segundo alguns relatos, tem deixado muito desejar.  ESTRADAS - Recebemos um documento com a seguinte redação: "Nova Tebas esta vivendo tempos difíceis. A Prefeitura Municipal atende umas poucas pessoas e persegue as demais, causando, muitas vezes, prejuízos para os cidadãos e para todo um grupo, Este é o caso de produtores rurais, que foram contrários ao atual prefeito nas eleições, onde suas estradas estão acabadas, e, apesar de diversos contatos com o chefe de pátio, estes ignoram o cidadão eleitor. Um dos exemplos, é uma propriedade rural na localidade de Volta Grande. Esta é produtora de leite e há um plantio de tomates, gerando emprego direto a mais de 20 pessoas. Diariamente são tirados mais de 1.000 litros de leite. Já em relação ao plantio de tomates, chega a colher dois caminhões de tomates na época da colheita, mas diante das dificuldades, o produtor pensa até em parar suas atividades no município, devido a falta total de apoio. Existe uma Lei que obriga a prefeitura a dar apoio às propriedades rurais, mas esta lei também é ignorada. Por outro lado, a administração faz cascalhamento e conservação de estradas até em casas que estão abandonadas, mostrando que existe duas formas de agirem com a população de Nova Tebas. Este caso e outros indícios de perseguição utilizando a máquina pública, já foi denunciado à Promotoria de Manoel Ribas e aguarda resposta", diz a nota. OUTRO CASO -    Outra reclamação, que também já foi alvo de reportagem no Blog do Berimbau, é uma Rua, que fica no centro da cidade e, basta chover um pouco a mais, que as casas alagam. "Etive que contratar para trabalhar dentro da cidade,  uma máquina por conta própria,  já que o município não tem ou não quer fazer. Fiz uma valeta tirando a água que  invadiu a casa da  minha mãe", disse o morador.  REPOSTA - A prefeitura nega os fatos, alegando que são problemas pontuais.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...