Páginas




 


06/06/2022

CAMBIRA - Prefeitura acusada de crime ambiental ao manter lixão a céu aberto

            Vídeo da denúncia                
Apesar de ter anunciado o fim do "Lixão", a própria gestão municipal é acusada de promover o descarte ilegal. O prefeito negou e deu sua versão  
  
BERIMBALADAS Um morador de Cambira, provocou a reportagem do Blog do Berimbau, dizendo que a prefeitura do município, estava promovendo uma "Fake News", onde o maior prejudicado tem sido o meio ambiente. "Acho que esse fato merece uma Berimbaladas", escreveu o cidadão. Segundo ele, não faz muito tempo, que a própria prefeitura anunciou que o Aterro Sanitário havia encerrado as atividades com resíduos orgânicos. Também que os referidos resíduos orgânicos estavam sendo levados para uma usina especializada, para tratamento e destinação correta. O fim da operação do Aterro, foi divulgado como uma conquista, através do trabalho realizado pela Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, com a implantação da Coleta Seletiva. Mas neste início de junho de 2022, o repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau", recebeu a denúncia. Além do morador, acima citado, produtores rurais disseram que a Chácara do Calcário, de propriedade da prefeitura, se transformou em um "Lixão a Céu Aberto", inclusive, que a própria gestão, do prefeito Toledo Pires, está descartando lixo orgânico, entulho, resto de construção, plástico, medicamentos, mobília e galhos, num verdadeiro desrespeito ao meio ambiente, além da prática de um grave crime ambiental. "Cadê os responsáveis do Departamento de Meio Ambiente; precisamos avisar o Ministério Público, para que o MP tome providências; e  sem contar que todas às noite eles colocam fogo. É um descaso com a população é com o meio em que vivemos", revelou o cidadão. RESPOSTA - Nossa reportagem procurou o prefeito Toledo, já que as imagens e vídeos deixam claro a prática do suposto crime.  O indagamos qual seria a versão da prefeitura, para esta denúncia. Houve negativa. "Nós fechamos o Aterro, lá ficou somente o reciclável e a  Associação de Recicladores que cuida do local, ou seja, não é responsabilidade da prefeitura", disse o prefeito.  Também ligamos na Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Agricultura, cujo secretário é o senhor Norberto. Ele, por telefone, negou, disse que desconhece o fato e não tem conhecimento das imagens. Também transferiu o telefone para um servido do Meio Ambiente, o qual iria dar explicações cabíveis, mas este servidor se quer quis conversar com o repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau".   (mais fotos no link abaixo)













Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...