Páginas




 


04/06/2022

POLÍTICA - Bolsonaro e Ratinho Junior visitam Brasil-Paraguai em Foz do Iguaçu

O governador Carlos Massa Ratinho Junior acompanhou nesta sexta-feira (03) o presidente da República, Jair Bolsonaro, em uma visita à obra da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu, na região Oeste. Eles destacaram a magnitude e importância da nova ligação viária entre os dois países – faltam menos de 100 metros para a conexão total entre às margens dos dois lados. O projeto, iniciado em 2019, é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, o governo federal e a Itaipu Binacional e é executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR). A obra atingiu 84% de conclusão no fim de maio e tem previsão de ficar pronta ainda neste ano. O investimento total é de R$ 323 milhões. “Uma alegria poder receber aqui em Foz o presidente do Paraguai e o presidente do Brasil. Mostrar essa que é uma das maiores obras da América do Sul, com o maior vão-livre da América Latina, uma façanha da engenharia brasileira”, afirmou o governador. “Obra que o Governo do Estado está fazendo em parceria com o governo federal e com recursos da Itaipu. É a demonstração de que a união de esforços é capaz de conduzir projetos espetaculares, de transformar a vida das pessoas. A ponte é resultado disso tudo”, acrescentou Ratinho Junior. Ele lembrou que a construção é do tipo estaiada, com duas torres de sustentação de 120 metros de altura, terá 760 metros de comprimento e um vão-livre de 470 metros – o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de três metros e calçada de 1,7 metro nas laterais. “Algo fantástico, que impressiona pelo tamanho”, ressaltou. Além da nova ponte, também está sendo construída uma via perimetral no lado brasileiro. O pacote inclui uma ligação entre a Rodovia das Cataratas e a BR-277 pela Perimetral Leste, por onde será desviado o tráfego dos veículos pesados que circulam entre Brasil e Argentina. O complexo está recebendo aporte de R$ 323 milhões, por meio de recursos da Itaipu. Até a etapa atual, foram destinados R$ 200 milhões à obra. Com a obra concluída, todo o transporte de cargas entre os dois países será feito pela nova passagem, tirando o trânsito pesado da Ponte da Amizade e liberando o local para atender somente turistas e passageiros. “Costumo dizer que a Itaipu é mais do que binacional. Ela envolve um terceiro país que é o Paraná, cujo presidente é o Ratinho Junior. E esse país está sendo transformado em termos de infraestrutura por causa desta parceria entre a Itaipu e o Governo do Estado”, destacou Bolsonaro. INTEGRAÇÃO – A segunda ponte está sendo construída sobre o Rio Paraná, no bairro Porto Meira, próximo à Tríplice Fronteira do Brasil, Paraguai e Argentina. No lado paraguaio, a obra vai alcançar o município de Presidente Franco, vizinho de Cidade de Leste, onde está a Ponte Internacional da Amizade. “Reforça para o mundo a força e união de Brasil e Paraguai, países unidos pela antiga Ponte da Amizade e que agora aumentarão essa cooperação por meio desta Ponte da Integração”, afirmou o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez. A Ponte da Amizade, construída em 1965, é o principal corredor logístico entre Brasil e Paraguai e está sobrecarregada. Além das pessoas que circulam entre Foz e Cidade de Leste, ela também concentra o trânsito de caminhões. Com a nova ligação, ficará exclusiva para veículos leves e ônibus de turismo. PERIMETRAL – Na nova rodovia de acesso à Ponte da Integração Brasil-Paraguai continuam em andamento os serviços nos viadutos da Avenida General Meira, da via de acesso à Ponte Tancredo Neves e da Rodovia das Cataratas (BR-469). No local onde serão construídas as novas aduanas Brasil-Argentina e Brasil-Paraguai estão em andamento os serviços de terraplenagem. Também foram iniciados os serviços para a execução do ramo de acesso ao Marco das Três Fronteiras, um dos principais pontos turísticos de Foz. Até o momento foram investidos R$ 11,6 milhões na Perimetral, que chega a 11,7% de conclusão. BATISMO – O Congresso Nacional aprovou na quinta-feira (02) o Projeto de Lei que dá o nome do ex-governador do Paraná, Jaime Lerner, à parte brasileira da nova ponte de Foz do Iguaçu. O lado paraguaio ainda receberá um nome oficial. O texto aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...