Páginas




 


17/08/2022

Apucaranense Eduardo Cambi é nomeado desembargador do TJ-PR

O promotor de Justiça Eduardo Augusto Salomão Cambi foi nomeado pelo governador Ratinho Júnior (PSD) como o novo desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR). Cambi substituirá Paulo Edison de Macedo Pacheco, que se aposentou. A posse de Cambi está prevista para os próximos dias. A nomeação do Dr. Eduardo Augusto Salomão Cambi, foi enaltecida nesta quarta-feira (17) pelo prefeito de Apucarana, Junior da Femac. “Trata-se de um filho de Apucarana que está sendo alçado à instância superior do Judiciário do Paraná e isso nos enche de orgulho. Seu pai, Accácio Cambi, também foi dos quadros do Judiciário no Município, tendo atuado na Comarca de Apucarana, na década de 70, pouco antes de ser promovido para outra função em Curitiba”, comenta o prefeito. O diretor do Fórum Desembargador Clotário Portugal, juiz Osvaldo Soares Neto, lembra que a partir de 1982 Accácio Cambi exerceu o cargo de juiz eleitoral da 3ª Zona de Curitiba e foi membro do Tribunal Regional Eleitoral, tendo deixado essa função para integrar o Tribunal de Alçada do Paraná em 16 de maio de 1986, chegando a desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná em fevereiro de 1994, tendo assumido a vice-presidência no ano de 2000”, informa Soaes Neto, acrescentando que o desembargador Accácio Cambi se aposentou em 2006. Eduardo Cambi foi o nome indicado pelo atual procurador-geral de Justiça do Paraná, Gilberto Giacoia, na lista tríplice da qual também constavam Karina Anastácio Faria de Moura Cordeiro e José Américo Penteado de Carvalho. A nomeação do promotor corresponde às vagas previstas no quinto constitucional, que destina um quinto das vagas de desembargadores dos Tribunais dos Estados aos membros do Ministério Público e advogados de notório saber jurídico e não por juízes de carreira. O objetivo da previsão legal é garantir pluralidade ao tribunal. Trajetória - Cambi ingressou no Ministério Público do Paraná em 2004. Passou pelas comarcas de Toledo, Marechal Cândido Rondon, Piraquara, Pinhais, São José dos Pinhais, Umuarama, Prudentópolis, Dois Vizinhos e Castro. Em Curitiba, atuou na Assessoria de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça e na Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos. Entre 2013 e 2016 atuou como membro auxiliar do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), e de 2013 a 2015 como assessor especial do Ministério da Justiça e Segurança Pública nas discussões relacionadas à reforma do Judiciário. Desde 2015 à frente da direção geral da Escola Superior do Ministério Público do Paraná, Cambi assumiu, em 2021, a presidência do Colégio de Diretores das Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...