Páginas





 


22/08/2022

Marreco de Apucarana mostra nesta terça carro que pilotará no Rally dos Sertões/2022

O piloto Otávio Enz, o “Marreco”, dono de um cartel impressionante nas principais provas de velocidade e regularidade off Road no Brasil, apresenta nesta terça-feira (23/08), a partir das 19 horas, no Yellow Stone Park, em Apucarana, o veículo que utilizará no Rally dos Sertões/2022. Trata-se de uma edição histórica, comemorativa aos 30 anos da prova e que também irá homenagear o Bicentenário da Independência do Brasil. Será o maior rally do mundo em trechos cronometrados, com 7.216 quilômetros de extensão, sendo 4.811 quilômetros de trechos especiais, superando inclusive o Rally Paris & Dakar. A prova terá a largada no próximo sábado, dia 27 de agosto, em Foz do Iguaçu, e irá passar por todas as regiões do país, com chegada no litoral do Pará no dia 10 de setembro. O piloto apucaranense Otávio Enz, o “Marreco”, que terá Rodrigo Khezam como navegador, já testou sua nova Mitsubishi Triton – preparada de fábrica - que será utilizada no Rally dos Sertões. O veículo será apresentado na noite desta terça-feira (23) à imprensa local e regional, com a participação de patrocinadores, autoridades e público em geral. O prefeito Junior da Femac, que deu apoio na busca de patrocínios para o piloto Otávio Enz irá prestigiar o evento no Yellow Park. “O Marreco leva o nome de Apucarana para todo o Brasil e fizemos contatos com empresários e patrocinadores, para viabilizar o custeio da equipe e a participação no Sertões”, informa Junior da Femac. Em seu quinto ano no Rally dos Sertões, Marreco irá competir na categoria prodution, com um veículo preparado de fábrica e homologado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA). A prova internacional, com a participação de duplas de vários países, terá um roteiro de 15 dias, que irá cruzar as cinco regiões do país, sendo oito estados e 14 cidades. Pilotos e navegadores serão testados ao extremo em seu preparo físico, psicológico e com a alta descarga de adrenalina nas estradas de terra e areia onde os veículos chegam a alcançar velocidade de 170 km/hr. O comboio de carros, caminhonetes, motos, UTVs e quadriciclos larga de Foz do Iguaçu (PR) e segue com etapas em Umuarama (PR), Presidente Prudente (SP), Campo Grande (MS), Costa Rica (MS), Barra do Garças (MT), São Félix Araguaia (MT), Palmas (TO), Mateiros (TO), Bom Jesus (PI), Bom Jesus (PI), Balsas (MA), Imperatriz (MA), Paragominas (PA) e terá seu último trecho em Salinópolis, no Pará. O maior rally do Brasil foi disputado pela última vez em 2019, ficando suspenso em 2020 e 2021, devido à pandemia do Coronavírus. O premiado piloto apucaranense avalia que o Rally dos Sertões exigirá ao máximo dos pilotos e navegadores, para superar os 15 dias de competição no maior percurso do mundo. “Estamos preparados para representar bem Apucarana e o Paraná no Sertões”, afirma o piloto Marreco. Para participar da competição a equipe irá dispor de fisioterapeuta, cozinha própria, assessoria de imprensa e mecânicos. O piloto apucaranense é tricampeão da Copa Mitsubishi, campeão do rally Transparaná, campeão Paranaense, vice-campeão da Copa Troller (Sudeste), vice-campeão do Rally Transcatarina, campeão do Rally da Selva, bi-campeão do Rally Berohokan, duas vezes vice-campeão do Sertões (regularidade) e duas vezes vice-campeão Sertões (velocidade).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...