Páginas




 


11/08/2022

PARANÁ - Turismo cresce 37,9% no Paraná no primeiro semestre de 2022

O avanço da vacinação contra a Covid-19 e a consequente diminuição do número de casos, aliados aos grandes atrativos naturais do Estado, fez renascer o turismo no Paraná. Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) voltado para o setor de serviços revelou nesta quinta-feira (11) que a atividade cresceu 37,9% no primeiro semestre de 2022 no comparativo com o mesmo período do ano passado. A alta em junho, novamente quando comparado com o mesmo mês de 2021, foi de 31,4%, a quinta maior expansão do País entre os locais pesquisados pelo instituto e acima da média nacional, de 25,9%. O Paraná ficou, inclusive, à frente de tradicionais referências turísticas no período, como Bahia (25,7%), Pernambuco (9,9%) e Rio de Janeiro (7,6%). O Paraná se destacou também no comparativo entre maio e junho deste ano. O avanço na atividade foi de 0,9%, a terceira maior expansão do País – a média nacional apontou retração de 1,8%. De acordo com o IBGE, o resultado foi impulsionado, sobretudo, pelos aumentos de receita obtidos por empresas dos ramos de transporte aéreo de passageiros; restaurantes; hotéis; locação de automóveis; transporte rodoviário coletivo de passageiros; e serviços de bufê. Foz do Iguaçu, na região Oeste, ajudou a puxar a fila do crescimento paranaense. No primeiro semestre de 2022, segundo a prefeitura do município, foram registrados mais de 550 mil turistas no Parque Nacional do Iguaçu. No mesmo período, em 2021, esse número foi de 205 mil pessoas. As Cataratas do Iguaçu receberam 554.390 visitantes de janeiro a junho; o Parque das Aves ultrapassou as 270 mil visitas; a Itaipu Binacional recebeu mais de 218 mil pessoas; e no Marco das Três Fronteiras o número de visitantes ficou acima de 180 mil. Outros atrativos naturais (Parque Estadual de Vila Velha e Guartelá) e as praias do Litoral e de água doce (região Noroeste e no Norte Pioneiro) ajudaram a puxar o crescimento do setor, assim como o turismo comercial de cidades com essa vocação, como Curitiba, Londrina e Maringá. DEMAIS SERVIÇOS – Os números positivos do turismo ajudaram o Paraná a expandir também o volume de serviços em junho de 2022 na comparação com o mês imediatamente anterior. O saldo foi de 2,5%, atrás apenas do Mato Grosso do Sul (2,7%) e Mato Grosso (2,6%). O avanço observado no Brasil foi de 0,7% . Resultado representativo também no comparativo com igual mês do ano anterior, com salto de 5,3%. Já no acumulado do primeiro semestre o avanço do Paraná foi de 5,5%. Segundo o IBGE, o principal destaque foi o setor de transportes, com destaque para o dutoviário (por tubulações), transporte rodoviário de cargas e transporte coletivo de passageiros. Os serviços profissionais, administrativos e complementares também oscilaram positivamente, com o aumento das atividades relacionadas a organização, promoção e gestão de feiras, congressos e convenções; atividades técnicas relacionadas à arquitetura e engenharia; serviços de engenharia; e vigilância e segurança privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...