Páginas




 


05/08/2022

Prefeitura de Marilândia realizará I Feira de Energias Renováveis do município

No início de 2022 foi aprovada a Lei 14.300/22 que diz que aqueles que se proponham a instalar painéis de energia solar a partir de janeiro de 2023 serão tributados sobre a energia produzida. De acordo com a Lei toda a energia excedente produzida, que volta para a rede elétrica e retorna como crédito, será taxada quando o usuário for utilizar esses créditos. A partir do ano de 2023 as companhias elétricas passarão a cobrar pela armazenagem da energia e pelo uso do sistema elétrico. Porém, a lei só entrará em vigor no próximo ano e pessoas que fizerem a instalação de placas solares até o fim de 2022 será isento por 23 anos da cobrança. Outra situação é a possível retirada da isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) aos produtores rurais, onde também a partir de 2023, o produtor pagará o mesmo valor da área urbana na conta de luz. Com essas atualizações na legislação a Prefeitura de Marilândia do Sul, em parceria com o IDR-Paraná e Sindicato Rural, realizará a I Feira de Energias Renováveis, onde várias empresas estarão apresentando as novas tecnologias deste setor, além de sanar duvidas e construir orçamentos que se encaixem na realidade de cada visitante. A feira será realizada dia 18 de agosto, no Centro da Cultura (ao lado da delegacia), das 13 às 17 horas. A entrada é gratuita e qualquer pessoa ou empresa pode participar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...