Páginas





 


12/09/2022

Azambuja divulga nota de esclarecimento após golpista usar nome da empresa

O golpista se passou por vendedor da Loja de Materiais de Construção, de Ivaiporã,  e conseguiu levar mais de 5 mil reais de uma
 cliente de Jardim Alegre      
Leia a nota na íntegra: "Devido ao fato ocorrido na data de 10/09/2022, no qual chegou ao nosso conhecimento acerca de um golpe envolvendo o nome de nossa empresa, na qual uma pessoa desconhecida que utilizou o número (43) 99173-3006 para aplicar golpe em uma pessoa de Jardim Alegre. Esclarecemos para nossos clientes e toda a população em geral, que também fomos vítimas do referido golpista, sendo que o mesmo nos causou prejuízo logístico devido ao deslocamento de dois caminhões até o endereço informado pelo golpista. A AZAMBUJA MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO E ACABAMENTOS, esclarece e alerta a todos os clientes e população em geral, que não possuímos o número de celular (43) 99173-3006 (número utilizado pelo golpista), tampouco solicitamos aos nossos clientes para realizarem transferências, pix ou pagamentos em contas bancárias de terceiros. Salientamos a todos que utilizamos apenas contas bancárias na qual o favorecido é AZAMBUJA MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO E ACABAMENTOS LTDA. Tratando-se, portanto, de uma situação de fraude e golpe utilizando o nome da AZAMBUJA MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO E ACABAMENTOS, alertamos todos os clientes e população em geral para que não tomem nenhuma ação indicada por esse número de celular acima. Salientamos a todos que nosso contato para vendas é realizado pelo número (43) 3472-4545 (telefone fixo e Whatsapp), no qual possuímos desde 1986", diz a nota. SOBRE O GOLPE - Como noticiamos, em Jardim Alegre, no dia 10 de setembro de 2022, compareceu ao Destacamento da Polícia Militar, um morador das novas casas da COHAPAR que foram inauguradas, dizendo que, em 06 de setembro, viu um anúncio no Facebook de uma suposta loja de materiais de construção de Ivaiporã, com os seguintes dizeres: “Super promoção de tijolos e telhas”. Ao visualizar tal anúncio, começou a entrar em contato com os responsáveis para negociar os produtos. Em dado momento, segundo a vítima, a conversa se estendeu para o whatsapp para que o suposto vendedor pudesse fazer o orçamento desejado. Relatou ainda a vítima que desde essa data, foi negociado o material desejado e ainda solicitado, pelo suposto vendedor, várias informações pessoais como nome completo, CPF, comprovante de endereço e holerite, sendo efetuada a suposta com vinte sacos de cimento, vinte barras de treliça, quatro metros de areia, dois metros de pedriscos, dez sacos de cal e 7000 tijolos de seis furos, totalizando R$5.530,00 (cinco mil quinhentos e trinta reais). Vale ressaltar que o vendedor somente na data de 10 de setembro, informou que a loja estava negociando, seria de Ivaiporã, e que teria que fazer uma transferência PIX assim que os caminhões chegassem ao endereço indicado. Por volta das 08h30min, chegou dois caminhões da loja, e o suposto vendedor cobrou o PIX para que eles descarregassem os materiais, momento este que a vítima efetuou, no valor de R$5.530,00 da conta de sua esposa. Após enviar o comprovante da transação, o vendedor ficou incomunicável. Como os caminhões estavam no local a vítima questionou se haviam recebido o valor da transferência, onde estes entraram em contato com a loja e disseram que não. Logo foi constato que o suposto vendedor havia se passado pelo morador, solicitando o serviço o material, usando seus dados, e pediu o Pix, para assim consumar o golpe. Os marginais usaram um Facebook Fake da Azambuja Materiais para Construção. "Minha irmã e o marido dela vinha guardando o dinheiro para fazer algumas arrumações na casa e, infelizmente, caíram neste golpe", disse Andreia, que fez contato com nossa reportagem e é irmã da moradora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...