Páginas





 


19/09/2022

NOVO ITACOLOMI - Avô acusado de estupro da neta está sendo inocentado

A acusação seria uma falsa comunicação de crime, por conta de um desentendimento familiar  entre o acusado e a nora 
    No dia 17 de setembro de 2022, na Avenida 28 de Setembro,  um pouco depois da meia noite, foi relatado pelos atendentes do Posto de Saúde do Município, mais precisamente por uma enfermeira, que por volta das 23h20min foram acionados para atender uma mulher grávida que estava passando mal. Na ambulância, ela relatou que sua filha de 2 anos, possivelmente, teria sido vítima de estupro. Assim a equipe de enfermagem encaminhou as partes  até a unidade de saúde, a fim de ser examinada de forma mais precisa. A referida enfermeira disse ter observado que o órgão genital da criança encontra-se avermelhado, não sendo possível precisar o motivo de tal fato. A mãe passou a dizer que a menor ficou na casa dos avós paternos do dia 11 de setembro de 2022 (domingo) até o dia 16 de setembro de 2022 (sexta-feira). Quando foi pegar a criança, verificou que havia um lençol com manchas vermelhas, que podem ser de sangue. Relatou ainda que flagrou a sua filha em cima do colo de seu sogro, o qual passou a mão nas partes íntimas da criança, a qual reclamou de dor na região genitália. Portanto acredita-se que o autor possa ser o próprio avô.  ACUSAÇÃO FALSA - Neste dia 19 de setembro,  recebemos informações da defesa do acusado e também das autoridades, que os exames realizados na criança, não revelaram indícios de que a neta foi abusada sexualmente.  "O acusado, é bom a sociedade saber, é um servido público exemplar, ministro de Igreja e um cidadão de idoneidade incontestável. Tudo não passa de uma grande mentira, que causou a ele um transtorno e um dano moral quase irreparável", informou a defesa.  Também recebemos informações que houve um desentendimento entre o senhor acusado, sua nora (mãe da criança) e seu filho, pelo fato dele não os aceitarem mais casa, vivendo sem trabalhar ou de sua economias, e a investigação tenta confirmar, se não seria este o motivo da denúncias. O morador chegou ser preso, mas já foi colocado em liberdade.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...