Páginas


25/11/2022

Prefeitos fecham questão e sede campestre da AMUVI será em Borrazópolis

Prefeitos AMUVI - Associação dos Municípios do Vale do Ivaí, reunidos em Apucarana, neste dia 25 de novembro de 2022, colocaram fim a polêmica sobre a construção da nova sede da entidade em um terreno doado pelo prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, e sua irmã Maristela, na fazenda Ilha, que fica localizado em Borrazópolis, divisa com Cruzmaltina e próximo ao Rio Ivaí, no Porto Ubá, município de Lidianópolis. Como noticiamos, houve uma decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Apucarana, Dr. Rogério Tragibo de Campos, que provocado pelo município de Apucarana, prefeito Junior da Femac, atendeu liminarmente uma “Ação declaratória de nulidade de convocação de assembleia geral extraordinária e pedido de antecipação de tutela”, suspendendo uma reunião, que estava marcada para o dia 10 de novembro, em Borrazópolis, denominada como "Assembleia geral extraordinária", que iria discutir a proposta de alteração da sede da entidade. Também estava em pauta, alteração do endereço, atualmente em Apucarana, e alienação do atual bem imóvel da associação e a edificação da nova sede, em 8 mil m², localizados, às margens das Rodovia não pavimentada, PR-466.  Após reunião fechado, o prefeito Ylson  Álvaro Cantagallo, de Faxinal, prefeito Carlos Gil, de Ivaiporã, Prefeitos Junior da Famac, de Apucarana,  alinharam seus posicionamentos e falaram a imprensa. Segundo eles, ficou acordado que, em Borrazópolis, será construída uma sede campestre da AMUVI,  para reuniões, confraternizações e outros eventos.  A atual sede da Associação, em Apucarana, não será vendida e sim cedida para a prefeitura de Apucarana, que vai utilizar o prédio. Em contrapartida, o prefeito Junior da Femac, vai ceder um imóvel, no centro de Apucarana, onde funcionará o escritório administrativo da AMUVI. Em breve, mais detalhes.  CISVIR -   Outro questionado pela imprensa, foi a eleição para presidir o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí. A princípio, o prefeito Cantagallo de Faxinal, lançou sua candidatura, mas o atual presidente, Hermes, de Mauá da Serra, é candidato reeleição, portanto pode haver um bate chapa, mas os demais prefeitos, pertencentes ao consórcio, tentam evitar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...