Páginas


29/12/2022

Governador anuncia três novos nomes para o primeiro escalão do Estado

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quinta-feira (29) três novos nomes para o comando da Casa Civil, Secretaria de Agricultura e Abastecimento e Secretaria do Planejamento a partir de 2023. As duas primeiras ficarão com os atuais titulares, João Carlos Ortega e Norberto Ortigara, e a última será administrada pelo deputado estadual e ex-chefe da Casa Civil, Guto Silva. Outros 11 nomes foram confirmados ao longo da semana: Beto Preto na Saúde, Elisandro Pires Frigo na Administração e Previdência, Leticia Ferreira da Silva, Hudson Leôncio Teixeira na Segurança Pública, Eduardo Pimentel em Cidades, Luciana Casagrande Pereira na Cultura, Helio Wirbiski no Esporte, Marcelo Rangel em Inovação Modernização e Transformação Digital, Sérgio Vieira Benício na Casa Militar, Roni Miranda na Educação e Ricardo Barros na Indústria, Comércio e Serviços. CASA CIVIL – A pasta é responsável pelo assessoramento e apoio direto ao governador e continuará a ser comandada por João Carlos Ortega, que assumiu as funções em 2022, após deixar o comando da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, cargo que ocupou no início da primeira gestão. A Casa Civil também coordena o relacionamento direto com outros Poderes e o encaminhamento de requerimentos e projetos de lei dentro do Governo. Formado em gestão de Recursos Humanos, Ortega também foi vereador e vice-prefeito de Jandaia do Sul e atuou como chefe de gabinete de Ratinho Junior quando ele foi deputado estadual e federal, além de diretor-geral da Sedu nas duas ocasiões em que o governador comandou a pasta. Tem ampla experiência em gestão pública. AGRICULTURA E ABASTECIMENTO – A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento permanecerá sob a gestão de Norberto Ortigara. Técnico agrícola e economista com especialização em Economia Rural e Segurança Alimentar, Ortigara é servidor público da própria Secretaria desde 1978, onde ocupou diversos cargos até se tornar secretário de Estado em 2011. À frente da pasta, Ortigara foi um dos principais responsáveis para que o Paraná obtivesse o certificado de área livre de febre aftosa sem vacinação e de território livre de peste suína clássica, o que expandiu os mercados compradores da proteína animal produzida no Paraná. Também ajudou o Paraná a consolidar a parceria com as cooperativas e alcançar o patamar de maior produtor de proteína animal do País, além de referência em produção de orgânicos e sustentabilidade no campo. Além de implementar novas iniciativas, ele dará continuidade a programas de sucesso, como a oferta de financiamentos de baixo custo a pequenos produtores (Banco do Agricultor), a pavimentação de estradas rurais (Estradas da Integração), o incentivo ao cooperativismo (Coopera Paraná) e uso de fontes de energia renováveis (Renova Paraná). PLANEJAMENTO – A Secretaria do Planejamento integra a Governadoria do Estado. A ela competirá a formatação de políticas estratégicas para o Paraná, acompanhamento de política públicas multissetoriais, implementação de ações que resultem em parcerias que auxiliem o processo de modernização da gestão, além do Plano Plurianual e dos Planos Regionais de Desenvolvimento. Ela ainda coordena o Sistema Estadual de Planejamento, que executa projetos de modernização da máquina pública e integração das informações estratégicas para melhorar as políticas sociais. Guto Silva, o novo secretário, é empresário, consultor internacional de negócios e deputado estadual. Como trader e representante de negócios já esteve em mais de 65 países na Ásia, África, América do Sul, América Central e do Norte, Europa e no Oriente Médio, desenvolvendo canais de abastecimento e estruturação de projetos e realizando negociações comerciais. Morou na Inglaterra, Portugal e Espanha. É graduado em Administração com habilitação para Comércio Exterior e tem diversas especializações acadêmicas. Ele já foi vereador em Pato Branco, no Sudoeste. Na primeira gestão, foi um dos responsável por iniciativas como Descomplica Paraná, Lei de Parcerias Público-Privadas, Lei da Liberdade Econômica, implementação do Banco de Projetos Executivos e o programa de apoio aos municípios com recursos devolvidos pela Assembleia Legislativa do Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...