Páginas


30/12/2022

SÃO JOÃO - Casal nega e lamenta acusações sobre rapto de crianças

     Depois de uma confusão em São João do Ivaí, um casal em uma Caminhonete preta, foi parar na delegacia.  
Segundo informações, marido e mulher, chegaram a ser seguidos por uma pessoa, achando que eles fossem sequestradores.   Na caminhonete estavam: marido e mulher, e uma filha, de 03 anos.  Eles alegam que são vendedores de mercadorias e nada tem a ver com rapto de crianças.  Os boatos começaram a surgir, após um boletim registrado em Jardim Alegre, onde uma mulher, foi até o Destacamento, em 27 de dezembro, dizendo que, no dia 24 de dezembro, sua filha menor, de 5 anos de idade, passou o dia na casa do avô, mas que às 10:00 e 10:40 horas, seu avô entrou, rapidamente, para a residência, deixando a menina num balanço no quintal, ao retornar, viu uma mulher loira de braços estendidos para a menina, na intenção de pegá-la. Na rua, uma camionete, cabine dupla na cor preta e com a porta aberta, tendo como condutor, um homem com várias correntes no pescoço, a esperava. O morador deu um grito com a suspeita, a qual entrou na referida caminhonete e fugiu. Depois deste fato, pelas redes sociais, vários comentários foram feitos com denúncias de fatos parecidos em Manoel Ribas e outras cidades. No caso de São João, o cidadão e a mulher, disseram que moram em Paranavaí e que nada tem a ver com estas denúncias, portanto que vão esclarecer tudo e provar inocência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...