Páginas


24/05/2023

IVAIPORÃ - Ações contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Prefeitura de Ivaiporã, por meio do Departamento de Assistência Social, realizou uma série de atividades para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, nesta quarta-feira, dia 24 de maio. Como parte das ações, foi apresentada a peça teatral o Jardim da Coragem, no Centro Cultural Olívia Hauptmann, com uma linguagem simplificada voltada para o público infantojuvenil. A apresentação teatral, feita pelo Grupo de Teatro Ceju in Cena, fez parte da programação da Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrada no dia 18 de maio, com o tema "Faça Bonito. Proteja Nossas Crianças e Adolescentes". O Centro Cultural estava lotado com crianças e adolescentes atendidos pelos projetos sociais Casa de Vivência, Centro da Juventude e Renascer. O objetivo principal da iniciativa foi conscientizar e refletir sobre os cuidados que os pais e a sociedade devem adotar para proteger as crianças e adolescentes mais vulneráveis. Convidados - No palco – além dos atores da peça – estiveram o prefeito Carlos Gil, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Jair Burato, diretoras dos Departamentos de Assistência Social e Cultura, Silvana Pessutti e Luciane Baggio, secretária municipal de Educação, Daiane Soares, vereadora Gertrudes Bernardy e a monitora do Centro da Juventude, Evellin Ditikun, idealizadora da peça o Jardim da Coragem. A peça abordou a importância de manter a integridade física e psicológica das crianças e encorajar a sociedade a tomar decisões. Silvana Pessutti e Daiane Soares ressaltaram a importância dos professores e coordenadores de projetos na identificação de casos suspeitos de abuso e exploração sexual, enquanto Gertrudes Bernardy e Jair Burato destacaram a relevância das ações sociais como forma de conscientizar a sociedade. O prefeito Carlos Gil interagiu com o público infantojuvenil, ressaltou a importância de compartilhar casos suspeitos de abuso com os pais ou professores e enfatizou que muitas vezes as vítimas não conseguem identificar essas situações sozinhas. "Por isso, é fundamental ter alguém de confiança por perto", aconselhou Carlos Gil. Passeata - À tarde, houve Passeata pelo Maio Laranja, envolvendo as crianças e adolescentes atendidos pelos projetos sociais Casa de Vivência, Centro da Juventude e Renascer, com percurso entre a Praça Yvens Gueguem e a Prefeitura de Ivaiporã. Com a realização do teatro e da passeata a Prefeitura demonstra conformidade com Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU. Em particular: ODS 3 (Saúde e Bem-Estar), ODS 4 (Educação de Qualidade) e ODS 16 (Paz, Justiça e Instituições Eficazes) especialmente referente à meta 16.2 que preceitua acabar com abuso, exploração, tráfico e todas as formas de violência e tortura contra crianças. Segundo o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, o Disque 100 registrou 17.500 violações sexuais contra crianças e adolescentes nos primeiros 4 meses de 2023 – representando um aumento de 68% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

CARREGANDO MAIS POSTAGENS...