29/11/2013

AMUVI – “Última reunião é realizada em Ivaiporã”

Prefeitos do Vale do Ivaí realizaram a última reunião da Amuvi de 2013 e vários assuntos foram debatidos e inclusive a decisão de fechar as prefeituras no dia 06 de dezembro em protesto contra a queda na arrecadação
O Prefeito Carlos Gil, de Ivaiporã, e presidente da Amuvi, abriu a reunião da associação colocando em votação uma sugestão da Confederação Nacional dos Municípios para que todas as prefeituras fechem suas portas no dia 06 de dezembro. Os prefeitos presentes concordaram. O objetivo é protestar contra a queda na arrecadação que tem colocado muitos municípios em dificuldade. Além do protesto, alguns prefeitos vão a Brasília no dia 10 de Dezembro. Por sugestão de Adilson Silva Lino, de Faxinal, uma faixa com uma mesma frase em tom de crítica será confeccionada para todos os municípios. Os prefeitos também foram comunicados que a audiência pública com a Valec que aconteceria em Apucarana para tratar sobre o traçado da ferrovia norte sul, foi adiada para uma nova data a ser definida. Os municípios solicitam que esta ferrovia que vai cortar boa parte do Brasil, passe pelo Vale do Ivaí, e não tenha seu trajeto desviado como ocorreu nós últimos meses. Em seguida o prefeito Carlos Gil debateu com os demais a pauta de uma audiência que eles terão com o Governador Beto Richa no dia 02 de dezembro. Entre as reivindicações está a rodovia que liga Rio Branco a Cândido de Abreu; a ponte e rodovia no trecho que liga Grandes Rios a Jardim Alegre, apoio para a implantação do Portal Turístico em Mauá da Serra e que vai atender toda região; melhorar as condições da UEM – extensão de Ivaiporã que tem sofrido com a falta de infraestrutura. Nesta questão da UEM, os pedidos vão deste a contratação de funcionários até os problemas relacionado a construção dos blocos que vão abrigar a extensão no município. Inicialmente o tema principal  da reunião com Richa era o transporte escolar, onde prefeituras da região deixaram de receber milhões nos últimos anos. Ivaiporã, por exemplo, deixou de receber 700 mil reais em 2012. Washington, de Kaloré sugeriu que os prefeitos cobrem do Governador um projeto para o Vale do Ivaí, a exemplo de Jandaia que ganhou uma universidade federal, e Ivaiporã que já tem a UEM. Vários prefeitos fizeram uso da palavra, entre eles o Prefeito "Carneiro da Metafa", de Jandaia do Sul, que fez um desabafo em relação ao processo que resultou em sua cassação. Ele agradeceu os prefeitos da Amuvi, que enquanto ele estava cassado, fizeram um ato de apoio durante a Reunião que aconteceu em Cruzmaltina. Ele também acusou o segundo colocado de ter desorganizado a prefeitura enquanto ele ficou fora, e que se continuar a frente do poder executivo, a Amuvi terá sempre um amigo fiel. O “Ná do Açougue” de Bom Sucesso justificou a falta nas duas últimas reuniões. Depois saiu em defesa do Beto Richa, criticou a oposição que diz que Richa não vai cumprir os compromissos, e fez assim uma defesa do Governador, mas ao mesmo tempo criticou a presidente Dilma ao afirmar que as máquinas e os caminhões entregues para os prefeitos, na verdade custou caro e saiu das “costas” das próprias prefeituras. O Maurílio dos Santos, de Cambira, reclamou do atendimento das secretarias do Governo do Estado, segundo ele, um processo de licitação no Paraná Cidade, demora meses e gera transtornos e prejuízos para municípios pequenos, como o seu. Maurílio encerrou pedindo apoio para estadualizar a continuação da rodovia do milho que corta Cambira, porque a Prefeitura não tem condições de cuidar.   PREFEITO DE APUCARANA FOI COBRADO-
O Prefeito Maurílio dos Santos, de Cambira, criticou órgãos de imprensa pela notícia que o Beto Preto teria ido a Brasília para lutar pela ferrovia norte sul, quando na verdade esta é uma luta de todos. O Prefeito Carlos Gil, também engrossou o coro e disse que ficou triste ao ver a notícia no Jornal Tribuna do Norte. Eles cobraram que Beto Preto participe mais dos encontros da AMUVI e que vão tratar isso com ele numa reunião fechada. Outra crítica foi a de criar a região metropolitana de Apucarana, sem que isso passe pela AMUVI. De Lidianópolis, Magrelo, parabenizou o Delegado de Ivaiporã Dr. Gustavo pelo trabalho, e disse que os prefeitos precisam lutar pelas melhorias nas condições da delegacia. O Padre Hilário, de Lunardelli, falou de algumas pautas, mas a principal foi a segurança pública, pois a sua cidade está sem policiais e a dificuldade é muito grande. Ele disse que tem cobrado, mas o problema ainda não foi resolvido. “Zé Maria”, de Cruzmaltina criticou a queda no FPM, e parabenizou o prefeito Carlos Gil, pelo grande trabalho a frente da AMUVI e em prol das reivindicações para que os municípios não continuem reféns da falta de recursos. O Prefeito Adilson Silva Lino, também não economizou elogios a “Carlos Gil”, e disse que ele vem surpreendendo pela atuação. Em seguida criticou a divisão de impostos e a fórmula que o Governo utiliza para distribuir os recursos dentro do pacto federativo. Ele também falou da certidão liberatória do Tribunal de Contas, que implantou um sistema impossível de preencher e que ele provou para os técnicos do TC que os prefeitos estão com a razão. Inclusive o Tribunal já estaria flexibilizando essa modalidade de prestação de contas. Ele finalizou convidando para a festa do Tomate. Joel Gralak, vice-prefeito de Borrazópolis falou da importância da Ferrovia cortar o Vale do Ivaí, e das dificuldades que ele tem visto o prefeito Didi enfrentar, e ainda convidou para a Festa das Nações que acontece no próximo fim de semana. Toninho Santiago, de Grandes Rios, reforçou a importância da ponte entre Grandes Rios e Ivaiporã, e teceu elogios ao deputado Alexandre Curi. Prímis de Oliveira, de Godoy Moreira, pediu que os prefeitos colocassem na pauta o levantamento da PR 650, pois toda vez que chove, a cidade fica ilhada. E ainda do projeto da rodovia saindo pelo Bairro da Bananeira e ligando com a região de Jardim Alegre e Ivaiporã. De Rio Bom, Moisés de Andrade, falou sobre mudanças no trajeto da rodovia do Café, passando por Rio Bom, que iria provocar o desenvolvimento do município. O Prefeito “Polaco da Pá” fez um elogio ao ex-prefeito Moacir Andreola, disse que ele foi muito bom ex-prefeito e que hoje fica difícil seu trabalho se destacar, porque teria que fazer mais que Moacir. “Nós poderemos ser adversários na próxima, mas eu tenho que o elogiar”, disse Polaco. Polaco também comentou que nos últimos dois anos de Moacir, quando ele era o vice,  quase deixou a prefeitura por atritos com o ex prefeito, mas continuou e foi eleito prefeito. “Novo Itacolomi é um dos municípios que foi bem administrado, e está em condições boas, mas é um dos mais difíceis de administrar, porque até um casal que está separando procura a gente para pedir ajudar”, finalizou o “Polaco da Pá”. Gerôncio Carneiro, de Rio Branco do Ivaí, destacou a vinda do Artagão na Região, agradeceu Sérgio do Cristima, gerente da Cohapar, falou da grande luta que é o asfalto que liga Rio Branco com Cândido de Abreu. O Prefeito Fábio Hidek, trouxe vários pleitos, entre eles a luta para implantar uma CIRETRAN em São João do Ivaí, e para atender não só a cidade, mas municípios como Godoy Moreira, Lunardelli, São João e outros. Reclamou da falta de um delegado, e que há mais de dois anos São João não tem um. Pediu ainda que o governador ajude os municípios que ficaram fora da Patrulha no Campo, e sugeriu que a região da AMUVI tenha uma competição esportiva na área de futsal por exemplo. Carlos Gil, que coincidentemente havia entregado um ofício sugerindo a Copa Amuvi, falou sobre o projeto que já está em curso. Neuza Pessuti pediu a construção do asfalto que liga a cidade ao Jardim Florestal. O ex-governador Orlando Pessuti, também compareceu. Em seu discurso falou da importância de estar entre os prefeitos do Vale do Ivaí e da parceria que tem com cada município, mesmo não sendo mais o Governador. Pessuti ofereceu apoio a pauta de reivindicações e comentou sobre diversas questões. O Prefeito Carlos Gil, que recebeu elogios de praticamente todos os prefeitos, agradeceu o reconhecimento, mas assegurou que vai continuar o seu trabalho sobre procurando fazer mais e melhor.
 18 PREFEITOS COMPARECERAM - CONFIRA: Prefeitos de São João, Godoy, Faxinal, Cruzmaltina, Bom Sucesso, Cambira, Ariranha, Rio Branco do Ivaí, Arapuã, Ivaiporã, Jandaia, Kaloré, Lidianópolis, Lunardelli, Grandes Rios, Novo Itacolomi, Jardim Alegre, Rio Bom. e Godoy Moreira.  MANDARAM REPRESENTANTES: São Pedro do Ivaí, Borrazópolis, e Rosário. NÃO COMPARECERAM E NÃO MANDARAM REPRESENTANTE: Apucarana, Marilândia, Mauá, Califórnia, e Marumbi.  AUTORIDADES PRESENTES -Deputado Estadual Alexandre Curi; Mauricio Bueno, de Cruzmaltina, representando Senador Sérgio Souza, Miltinho Moreti, de Marumbi, representando Dep. Est. Gilberto Martins, Gaspar Reis, representado Alex Canziani, e o Sérgio do Cristima da Cohapar, de Apucarana, e o ex-governador Pessuti.














Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA