segunda-feira, 13 de maio de 2019

“DIA DAS MÃES 2019 - PARA A MELHOR MÃE - A NOSSA”

                 Desde os primórdios da civilização todos os dias são dia das mães, e é tão importe que Reis, Imperadores e chefes de Estados criaram leis estabelecendo o “DIA” das mães.  A primeira data para comemorar o Dia das Mães é mitológica e foi criada pelo Rei da Grécia Antiga, para homenagear Réha, a mãe dos deuses que era celebrado no início da primavera.  No Brasil começou em Porto Alegre em 1918, por um grupo de jovens. E em 1947, oficializada por decreto do então Presidente Getúlio Vargas.   Todos nós temos a melhor mãe. Aquela que gera, cria, beija, abraça, dá banho, amamenta, balança o berço em noites mal dormidas. Vê o primeiro sorriso, a primeira palavra Mãe é claro. O primeiro dentinho, quando começa sentar, gatinhar, andar. Conta histórias. Ajuda fazer as primeiras letras que carinhosamente são chamadas de letrinhas, os primeiros boletins escolares, as travessuras, mas finge que não vê. Que ri, vibra, sofre por eles e até chora junto.   Mãe sabe quando surgem as primeiras paqueras e que é chegada a hora daquela conversa. Dizer que, no amor, tem ilusões e desilusões. Sabe também que os filhos nascem, crescem, criam asas. Asas que levam para longe e que trazem para perto, “no mínimo no dia das mães”.  A melhor mãe do mundo. É a mais novinha, velhinha, negra, branquinha, loira, moreninha, ruiva, indiazinha. Inteligente, simplesinha, rica, pobrezinha, anônimas, famosinhas. Mãe tenho tanta coisa para dizer, mas sei que sabe. Sabe que te amo.  É bom e fácil para os filhos falarem de suas mães. Pois se trata de palavras verdadeiras. Mas, e na prática, será que somos capazes de expressar tudo isso em forma de gestos. Gestos simples como: Elogiar a comida preparada com tanto carinho, às vezes lavar a louça, ajudar arrumar a casa, elogiar seu penteado. Sentar ao seu lado, até porque o colo ficou pequeno, em compensação, coração está cada vez maior.  Se todos os dias são dias das mães, também todos os dias devemos dar um abraço, um beijo, uma flor, aquela colônia que ela gosta. E, também naquela na hora de ir ao Shopping, fazer compras mesmo não sendo à vista, mas a perder de vista. Ao invés de comprar três peças para nós, comprar uma para ela, afinal de contas ela é a melhor mãe do mundo.  Vamos lembrar e pensar que os amigos (as) estão ao nosso lado quando estamos bem. Na balada, nos festivais, no barzinho pagando rodadas de bebidas. Mas quando chegamos em casa, às vezes frustrados (as), tristes e magoados. É a mãe que com sabedoria diz. Levante a cabeça. É melhor sofrer injustiças do que cometê-las.   Nascemos pequeninos, mas com ajuda da mamãe vamos crescendo, viramos máquinas humanas, estamos sempre correndo. O combustível certamente é o nosso coração. Por tudo isso, demonstre todo amor à sua mãe agora! Porque essa estrada é só de ida -, a volta é contra mão.   Feliz Dia das Mães (Por Ernestro Sisqueira, divisão de. Cultura Rosário do Ivaí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA